Concurso ANEEL: comissão formada. Saiba tudo sobre a seleção!

Novo concurso Aneel terá 40 vagas para Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia, com salários de até R$22 mil.

Concursos Previstos
Autor:Júlia Sestero
Publicado em:06/07/2020 às 11:00
Atualizado em:18/08/2023 às 12:20

A Agência Nacional de Energia Elétrica formou a comissão que ficará responsável pelo próximo concurso Aneel. A previsão é que o edital seja publicado ainda este ano.


O grupo será responsável por elaborar o projeto básico e conduzir o processo de contratação da banca organizadora. Somente após estes passos, a publicação do edital do concurso Aneel poderá ser feita.


É importante destacar que a portaria autorizativa do concurso público determina o prazo de até seis meses para a publicação do edital, ou seja, até 15 de janeiro de 2024. Além disso, divulga que as provas objetivas serão realizadas até dois meses após a abertura do concurso.


Contudo, a ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, informou à Folha Dirigida por Qconcursos que os editais devem ser divulgados ainda este ano.


Autorizado em julho, o novo concurso da Aneel irá ofertar 40 vagas de nível superior para o cargo de Especialista em Regulação, com salários de até R$ 22 mil.


O que você verá nesta matéria:

  • Situação atual
  • Cargos Vagos
  • Requisitos
  • Atribuições
  • Salário
  • Último concurso
  • Materiais Gratuitos


Está estudando para concursos? Então assista aqui a aulas ao vivo e gratuitas com os professores do Qconcursos!

Novo edital da Aneel terá 40 vagas de nível superior, com salários de até R$22 mil. (Foto: Divulgação)

Situação atual

Autorizado no dia 18 de julho, o concurso Aneel já tem comissão formada e está previsto para sair ainda este ano. A seleção visa o preenchimento de 40 vagas na carreira de especialista em regulação de serviços públicos de energia, que exige o nível superior e possui salário de até R$ 22 mil.


Veja a linha do tempo do concurso Aneel:


Cargos vagos

Segundo informações do diretor-geral da Aneel, Sandoval Feitosa, atualmente, a autarquia conta com 196 cargos vagos. Este número representa mais de 25% de defasagem do total de 765 cargos previstos em lei.


Apesar do concurso autorizado, o quantitativo que será ofertado não será suficiente para recompor o quadro de pessoal do órgão.


O que é preciso para trabalhar na Aneel

Para concorrer ao cargo de Especialista em Regulação da Aneel é preciso ter o nível superior completo em qualquer área.


O que faz um Especialista em Regulação da Aneel

Entre as principais atribuições do profissional desta carreira estão: atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos e de exploração da energia elétrica, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades. A distribuição de vagas para este cargo será feita em cinco áreas de conhecimento.


Qual o salário do Especialista em Regulação da Aneel

O salário inicial da carreira de Especialista em Regulação da Aneel, atualmente, é de R$17.071,35. O valor é composto por vencimento inicial mais o auxílio alimentação, já reajustados no início do ano pelo Governo Federal.


Com progressão de carreira o salário pode chegar ao valor de R$22.929,74.


Veja a tabela remuneratória, com valores reajustados:

(Dados do Portal do Servidor da Tabela de Remuneração dos Servidores Públicos Federais Civis e dos Ex-Territórios nº 83 de Julho/2023)

Último concurso Aneel ocorreu há uma década

O último concurso da Aneel ocorreu há uma década, especificamente, em 2010 e ficou válido até 2014.


A seleção foi organizada pela banca Cebraspe e ofertou 186 vagas em cargos de níveis médio e superior.


Cargos do último concurso

As 186 vagas foram divididas entre as seguintes carreiras:


Nível médio

  • 47 para técnico administrativo;


Nível superior

  • 63 para analista administrativo; e
  • 76 para especialista em regulação.


Houve oportunidades para provimento imediato e para portadores de deficiência.


Etapas do concurso Aneel 2010

O último concurso Aneel compreendeu as seguintes etapas de seleção:

  • provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • avaliação de títulos, de caráter classificatório, para os cargos de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia e de Analista Administrativo.


Os candidatos ao cargo de Especialista em Regulação também passaram por um Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório, ministrado em Brasília/DF. 


As provas objetivas, as provas discursivas e a perícia médica dos candidatos que se declararam portadores de deficiência ocorreram nas 26 capitais estaduais e no Distrito Federal.


O que caiu na prova objetiva do concurso Aneel 2010

A prova objetiva teve valor máximo de 120,00 pontos e foram compostos por 120 questões no formato CERTO ou ERRADO, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Veja os conteúdos cobrados:


Provas discursivas

Os candidatos aos cargos de Especialista em Regulação e Analista foram submetidos a duas provas discursivas valendo 30,00 pontos, sendo:


  • Prova Discursiva (P3): redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca das disciplinas de conhecimentos básicos exigidos no edital.
  • Prova Discursiva (P4): duas questões, a serem respondidas em até 20 linhas cada, acerca dos conhecimentos específicos constantes no edital.


Os candidatos ao cargo de Técnico Administrativo realizaram somente uma prova discursiva valendo 10,00 pontos, que consistiu na redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca das disciplinas de conhecimentos básicos do edital.


Avaliação de títulos

A avaliação de títulos valeu 5,00 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos apresentados fosse superior a esse valor, e considerou somente os títulos relacionados abaixo:

  

Curso de formação

Foram convocados para o Curso de Formação os candidatos aos cargos de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia aprovados e classificados dentro do número de vagas para o cargo/área definido edital.


Realizado na cidade de Brasília, no Distrito Federal, o curso teve carga-horária de 180 horas presenciais, em tempo integral, com atividades desenvolvidas nos turnos diurno e noturno, inclusive sábado, domingo e feriado.


Foi eliminado do concurso o candidato que:

  • deixou de efetuar a matrícula no Curso de Formação, dele se afastou por qualquer motivo, não frequentou no mínimo 85% das horas de atividades e/ou não satisfez os demais requisitos legais, regulamentares e/ou regimentais; e
  • obteve nota final no Curso de Formação inferior a 60% dos pontos possíveis.


Durante o Curso de Formação, o candidato recebeu auxílio financeiro.


Nota final do concurso Aneel 2010

 A nota final no concurso para os candidatos aos cargos de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia consistiu na soma algébrica das notas finais obtidas na primeira etapa e na segunda etapa, composta por provas objetivas, discursivas, avaliação de títulos e curso de formação.


Já a nota final no concurso para os candidatos aos cargos de Analista Administrativo consistiu na soma algébrica da nota obtida nas provas objetivas e na prova discursiva e da pontuação obtida na avaliação de títulos.


Por fim, a nota final no concurso para os candidatos aos cargos de Técnico Administrativo foi a soma algébrica da nota obtida nas provas objetivas e na prova discursiva.


Materiais Gratuitos

Comece a estudar gratuitamente para o concurso Aneel com o Qconcursos:


Quer ficar por dentro das notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!