Concurso Correios: veja o que estudar para nível superior

Empresa confirma cargo de Analista de Correios, que exige nível superior, no novo concurso Correios. Veja o que estudar!

Dicas para concursos
Autor:Júlia Sestero
Publicado em:19/04/2024 às 16:34
Atualizado em:19/04/2024 às 14:45

O novo concurso Correios tem edital previsto para sair ainda este ano. Com a confirmação do cargo de Analista de Correios, de nível superior, a Folha Dirigida por Qconcursos destaca o que estudar para as provas.


As especialidades da carreira de analista de correios que serão contempladas no próximo edital são: advogado; analista de Sistemas; assistente social; e engenheiro.


O conteúdo programático que será cobrado no edital ainda não foi divulgado. No entanto, o último certame pode ser usado como referência para o próximo concurso dos Correios.


Veja o que foi cobrado no último concurso dos Correios, realizado em 2011. 


O que cai no concurso Correios para nível superior

Realizada há mais de 10 anos, a prova objetiva de nível superior para o concurso Correios de 2011 foi composta por 120 questões no formato CERTO ou ERRADO.


No total, foram 50 questões para Conhecimentos básicos e 70 para Conhecimentos Específicos.


A parte de Conhecimentos Básicos cobrou as seguintes disciplinas para todos os cargos:

  • Português (exceto para formados em Letras);
  • Informática (exceto para Analista de Sistemas – Desenvolvimento de Sistemas e  Suporte a Sistemas, e Engenheiro – Engenharia de Redes);
  • Inglês;
  • Administração Pública.


Que tal dar um passo à frente no concurso Correios e aumentar as suas chances de ser aprovado: BAIXE O E-BOOK Planejamento de Estudos para os Correios! Tenha conteúdos exclusivos, como um planejamento exclusivo feito pelo Fernando Mesquita.

Correios confirma cargos do novo concurso para níveis médio e superior

(Foto: MCom)


Já em Conhecimentos Específicos foram cobradas as seguintes disciplinas para a carreira de Analista de Correios:


Advogado:

  • Direito Civil; 
  • Direito Processual Civil
  • Direito do Trabalho e Processual do Trabalho
  • Direito Administrativo
  • Direito Tributário
  • Direito Constitucional


Analista de Sistemas – Área de Atuação: Desenvolvimento de Sistemas:

  • Engenharia de software
  • Linguagens e tecnologias de desenvolvimento
  • Redes de computadores
  • Sistemas operacionais Windows, Unix e Linux: Conceitos básicos. 
  • Gestão de TIC.


Analista de Sistemas – Atuação: Produção:

  • Computadores;
  • Sistemas operacionais;
  • Banco de dados;
  • Servidores de aplicação;
  • Virtualização;
  • Sistema de armazenamento e cópia de segurança.


Analista de Sistemas de Atuação: Suporte a Sistemas:

  • Computadores;
  • Sistemas operacionais;
  • Ferramentas de escritório;
  • Segurança da informação;
  • Rede de computadores;
  • Gerenciamento de projetos: conceitos baseados no PMBOK.  


Assistente Social:

  • Teoria, metodologia e pesquisa do serviço social;
  • Estatuto da Criança e do Adolescente; 
  • Código de Ética do Serviço Social;
  • Projeto ético-político do serviço social;
  • Instrumental técnico do serviço social;
  • O serviço social na contemporaneidade;
  • Serviço social organizacional;
  • O processo de trabalho na efetivação dos direitos;
  • Função gerencial e administrativa do assistente social;
  • Políticas sociais e suas demandas atuais;
  • A questão da interdisciplinaridade;
  • O assistente social frente ao gerenciamento de RH;
  • Responsabilidade social no âmbito organizacional;
  • Seguridade social e previdência social;
  • Planejamento, administração e avaliação de programas e projetos sociais;
  • Supervisão e assessoria técnica no serviço social;
  • O serviço social e as novas demandas do mundo do trabalho;
  • Qualidade de vida no trabalho. 


Engenheiro – Engenharia de Produção: 

  • Planejamento de pessoal;
  • Controle de pessoal;
  • Tempos, métodos e processos;
  • Planejamento de materiais e equipamentos;
  • Controle de qualidade;
  • Custos;
  • Conhecimento de sistemas de processamento de dados;
  • Supervisão e gerência de produção;
  • Otimização de sistemas e produção;
  • Controle da produção: rendimento, produtividade e efetividade;
  • Arranjo físico.


Engenheiro – Engenharia Elétrica:

  • Circuitos elétricos de corrente contínua e corrente alternada;
  • Dispositivos de proteção, seccionamento e comando de circuitos;
  • Sistemas de aterramento e malhas de terra;
  • Materiais elétricos;
  • Instalação de motores;
  • Transformadores;
  • Cálculo e correção de fator de potência;
  • Fator de demanda e fator de carga;
  • Subestações;
  • Distorções harmônicas de corrente e de tensão;
  • Verificação e manutenção de instalações elétricas prediais;
  • Noções de conservação de energia;
  • Planejamento, gerenciamento e controle de projetos (cronogramas físico-financeiros);
  • Processos licitatórios;
  • Avaliação de projetos e desempenho de sistemas;
  • Gerência de projetos — metodologia PMI;
  • Gestão de contratos;
  • Informática básica (redes, Word, Excel, MSProject, Outlook, Microstation e Autocad).


Engenheiro – Engenharia Eletrônica:

  • Dispositivos e circuitos eletrônicos básicos;
  • Análise de sinais e sistemas lineares;
  • Análise de circuitos elétricos;
  • Amplificadores e fontes de alimentação;
  • Eletromagnetismo;
  • Controle automático de sistemas lineares (realimentação);
  • Lógica digital;
  • Circuitos de interface digital e chaveamento eletrônico;
  • Princípios de Comunicações;
  • Princípios de micro-ondas;
  • Antenas e propagação;
  • Sistemas de comunicações;
  • Arquitetura de computadores;
  • Protocolos de comunicação;
  • Informática básica (OpenOffice, Outlook, Open Project);
  • Princípios de segurança da informação;
  • Noções de teoria de certificação digital;
  • Noções de identificação por radiofrequência (RFID);
  • Matemática financeira (análise de viabilidade econômica de projetos);
  • Probabilidade e variáveis aleatórias;
  • Gerência de projetos — Metodologia PMI;
  • Lei nº 8.666/1993 e suas alterações e Lei do Pregão (Lei nº 10.520/2002 e suas alterações).


Engenheiro – Engenharia Mecânica:

  • Elementos de máquinas (tipos e aplicação);
  • Sistemas pneumáticos (elementos e sua aplicação);
  • Equipamentos e sistemas de refrigeração (tipos, aplicação e manutenção e qualidade do ar interno);
  • Elementos de instalações industriais (dispositivos, aplicação e manutenção);
  • Noções de instalações elétricas (dispositivos e aplicação);
  • Conhecimentos de controle de qualidade (CEP e NBR 5426);
  • Automação de processos (elementos e sua aplicação);
  • Manutenção preventiva, corretiva e preditiva (conceitos, aplicação e indicadores);
  • Elevadores e sistemas de Transporte vertical (aplicação e manutenção);
  • Sistemas de detecção e combate a incêndio (dispositivos, aplicação e manutenção);
  • Sistemas de movimentação interna de carga (dispositivos, aplicação e manutenção);
  • Matemática financeira (análise de viabilidade econômica de projetos);
  • Probabilidade e variáveis aleatórias;
  • Gerência de projetos — metodologia PMI;
  • Informática básica (OpenOffice, Outlook, Open Project);
  • Lei nº 8.666/1993 e suas alterações e Lei do Pregão (Lei nº 10.520/2002 e suas alterações).


Engenheiro – Engenharia de Redes:

  • Arquitetura TCP/IP e OSI;
  • Tipos e topologias de redes;
  • Camada de enlace;
  • Camadas de rede e de transporte;
  • Camada de aplicação;
  • MPLS;
  • VoIP e telefonia IP;
  • Redes sem fio;
  • Gerência de rede;
  • Comunicação de voz.


Como o último edital foi publicado há mais de dez anos, podem haver alterações no conteúdo programático do próximo concurso.


Entretanto, as disciplinas cobradas no último concurso ainda são referência para direcionar o estudo para as provas dos Correios.


O concurso Correios de 2011 foi organizado pelo Cebraspe e ofertou 9.190 vagas em diversas carreiras de níveis médio e superior.


Na época, foram publicados dois editais, sendo um destinado ao cargo de Agente de Correios e outro para Analista de Correios e cargos de nível medio.


Qual o salário do Analista de Correios?

O salário inicial do cargo de Analista de Correios é R$6.557,11.


Ao final da carreira, o valor poderá chegar a R$26.013,50.


Concurso Correios terá dois editais

A Empresa Brasileiro de Correios e Telégrafos confirma a publicação de dois editais em um novo concurso Correios, sendo um para nível médio e outro para nível superior.


Em confirmação publicada pelos Correios nesta terça-feira, 16 de abril, o novo concurso público terá vagas para Agente de Correios, de nível médio, e Analista de Correios, que requer nível superior.


Na carreira de Analista de Correios, serão contempladas as especialidades de advogado; analista de sistemas; assistente social e engenheiro.


Já para o cargo de nível médio, não foram confirmadas as especialidades. No entanto, o agente de Correios contempla os cargos de Carteiro, Atendente Comercial e Suporte.


Comece sua preparação para o concurso Correios. Tenha acesso a videoaulas, PDFs, questões e muito mais. Clique aqui e confira!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoEmpresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Salário

Até R$ 6.333,54

Cargos

6
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso PRF - Aula de Direito Penal: Questões Cebraspe

Equipe Qconcursos