Com novo concurso previsto, TJ MG tem 640 cargos criados

Governador Romeu Zema sanciona projeto que cria 640 cargos para o TJ MG, a maioria para profissionais comissionados. Veja!

Concursos Previstos
Autor:Bruna Somma
Publicado em:14/06/2024 às 10:00
Atualizado em:14/06/2024 às 10:22

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, sancionou o Projeto de Lei (PL) que cria 640 novos cargos para o Tribunal de Justiça do Estado, que tem concurso TJ MG previsto.


A maior parte dos cargos criados é para comissionados, ou seja, por indicação, sem a necessidade do concurso TJ MG.


São mais de 500 vagas para assessores, assistentes, coordenadores, secretários e diretores.


O TJ de Minas Gerais esclareceu que os cargos foram criados para uma reserva técnica, atendendo a uma demanda de instalação de varas e criação de comarcas no estado.


O preenchimento dos cargos comissionados será feito conforme a necessidade e a disponibilidade orçamentária do tribunal.


O projeto também cria dez novos cargos para juízes auxiliares de segundo grau.

TJ de Minas cria novos cargos comissionados

(Foto: Robert Leal/TJ MG)


O governo ainda sancionou um projeto que prevê a reorganização do Judiciário e a instituição do auxílio pré-escolar (também conhecido como auxílio-creche) para juízes.


O valor do auxílio é de R$950 por mês, por dependente do magistrado, que já recebe salário que giram em torno dos R$30 mil. 


Tem dúvidas sobre o concurso público ideal? Com o "Guia Carreiras no Serviço Público" você poderá conhecer os cargos e carreiras disponíveis no serviço público e entender qual tem mais a ver com você. Baixe gratuitamente aqui!

TJ MG tem novo concurso previsto para oficial judiciário

Mesmo com a criação de cargos comissionados, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais trabalha para a abertura de novo concurso TJ MG para oficial judiciário.


O cargo, em caráter efetivo, tem como requisito o o nível médio completo em uma instituição reconhecida por órgão governamental competente.  


A oferta será para oficial judiciário nas especialidades de:

  • oficial judiciário; e 
  • comissário da Infância e da Juventude.

O quantitativo de vagas por especialidade ainda não foi revelado. A banca organizadora do concurso já está definida.


MS Concursos foi a contratada para operacionalizar as inscrições e as etapas da seleção, como as provas objetivas.


Ao lado da MS, participaram do processo de escolha da banca as seguintes instituições: Fundação Getulio Vargas (FGV), Instituto Access, Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) e Instituto AOCP.

Resumo concurso TJ MG

  • Instituto: Tribunal de Justiça de Minas Gerais;
  • Situação atual: banca contratada;
  • Banca: MS Concursos;
  • Cargos: oficial judiciário;
  • Escolaridade: nível médio;
  • Vagas: a definir;
  • Remuneração: R$3.264,98 mais benefícios;
  • Inscrições: a definir;
  • Data da prova objetiva: a definir.

+ Prepare-se para o concurso TJ MG com materiais exclusivos

Veja os cargos, salários e requisitos do concurso TJ MG

Qconcursos Folha Dirigida teve acesso ao projeto básico do concurso TJ MG. O documento funciona como um espelho para o edital e revela informações como requisitos, salários e lotação.


Confira os principais detalhes a seguir: 


Oficial Judiciário - oficial judiciário

► Requisito: ensino médio completo em instituição reconhecida por órgão governamental competente.

► Salário: R$3.264,98 mais benefícios.

► Lotação: Unidades de Açucena; Águas Formosas; Aiuruoca; Alpinópolis; Alto do Rio Doce; Araçuaí; Arcos; Barbacena; Brumadinho; Buritis; Cabo Verde; Campestre; Campina Verde; Campo Belo; Campos Altos; Candeias; Carandaí; Carmos do Paranaíba; Conceição das Alagoas; Conceição do Mato Dentro; Contagem; Coromandel; Coronel Fabriciano; Entre-Rios de Minas; Ervália; Espinosa; Estrela do Sul; Eugenópolis; Formiga; Frutal; Guanhães; Guaxupé; Igarapé; Ipanema; Ipatinga; Itabira; Itajubá; Itamarandiba; Itamoji; Itamonte; Itanhandu; Jabuticabas; Jacinto; Jacuntinga; Jaíba.

Além de Janaúba; Januária; Jequeri; Lagoa da Prata; Lajinha; Lavras; Machado; Manga; Manhumirim; Mateus Leme; Medina; Montalvânia; Monte Santo de Minas; Montes Claros; Mutum; Natércia; Nova Lima; Nova Resende; Nova Serrana; Novo Cruzeiro; Paracatu; Paraisópolis; Pedralva; Piranga; Pirapora; Poço Fundo; Prata; Resplendor; Ribeirão das Neves; Rio Casca; Rio Paranaíba; Rio Piracicaba; Rio Preto; Sabará; Santa Maria do Suaçuí; Santa Rita de Caldas; Santa Vitória; São Francisco; São João do Paraíso; São João Evangelista; São Romão; São Sebastião do Paraíso; Senador Firmino; Sete Lagoas; Tarumirim; Teófilo Otôni; Tiros; TJ MG; Três Marias; Tupaciguara; Turmalina; Ubá; Uberlândia; Unaí; Várzea da Palma; e Visconde do Rio Branco.


Oficial Judiciário - Comissário da Infância e da Juventude

► Requisito: ensino médio completo em instituição reconhecida por órgão governamental competente.

► Salário: R$3.264,98 mais benefícios.

► Lotação: Unidades de Belo Horizonte; Contagem; Governador Valadares; Montes Claros; Patos de Minas; Pedro Leopoldo, Teófilo Otôni; Uberaba; e Uberlândia.


O valor da taxa de inscrição será de R$90. A estimativa é de que o concurso receba 137.500 inscrições.


Durante a primeira reunião da Mesa de Negociações de 2024, em fevereiro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais informou que o edital do concurso TJ MG estava em construção.


O órgão também confirmou o formato regionalizado, ou seja, com vagas distribuídas por localidades.

Novo concurso TJ MG já tem estrutura de provas definida

O concurso para oficial judiciário terá somente uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.


Conforme o projeto básico, a aplicação ocorrerá nos municípios de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.


Os candidatos terão que responder a 80 questões, distribuídas pelas seguintes disciplinas

  • Língua Portuguesa: 25 questões;
  • Noções de Direito: 25 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões; e
  • Raciocínio Lógico: 5 questões.

O tribunal pontua que "até a publicação do edital que regerá o certame, o conteúdo programático e o número de questões de cada disciplina poderão sofrer alterações".


Uma dúvida comum entre os candidatos é porque o TJ realizará um novo concurso, sendo que a seleção aberta em 2022 ainda não foi homologada.


A resposta é que os cargos do próximo edital serão distintos dos contemplados em 2022.


As especialidades de oficial judiciário e comissário da Infância e da Juventude não foram incluídas no último edital. Pela necessidade de mais servidores nessas funções, o TJ de Minas Gerais prepara o concurso.


No vídeo abaixo, saiba como iniciar os estudos para concursos de tribunais:


Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoTribunal de Justiça de Minas Gerais

Salário

Até R$ 5.113,09

Cargos

7
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso Escrevente TJ SP - Gabarito do Simulado

Equipe Qconcursos