Concurso Câmara dos Deputados tem edital publicado. Até R$34 mil

Câmara dos Deputados publica edital do concurso com 700 vagas de analista legislativo, de nível superior. Saiba tudo!

Concursos Previstos
Autor:Redação Folha Dirigida
Publicado em:05/08/2023 às 10:00
Atualizado em:28/08/2023 às 17:04

O concurso Câmara dos Deputados teve o edital publicado em 2023. São oferecidas 749 vagas, sendo 140 imediatas e 609 em cadastro de reserva, na carreira de analista legislativo, de nível superior. Os ganhos podem chegar a R$34 mil.


Os selecionados ainda terão estabilidade pelo regime estatutário de contratação. A Fundação Getulio Vargas (FGV) será a responsável por aplicar as etapas da seleção.


As 140 vagas, todas para o cargo de analista legislativo, são nas seguintes especialidades:


  • Assistente Social - duas vagas;
  • Consultoria Legislativa - 32 vagas;
  • Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira - duas vagas;
  • Contador - três vagas;
  • Enfermeiro - duas vagas;
  • Farmacêutico - uma vaga;
  • Analista de Informática Legislativa - 30 vagas;
  • Médico - 15 vagas;
  • Técnica Legislativa - 33 vagas;
  • Técnico em Material e Patrimônio - 20 vagas.


Todas as especialidades têm como requisito o nível superior.


Situação atual


Está estudando para o concurso da Câmara dos Deputados, confira provas anteriores desta seleção aqui! E assista aulas ao vivo e gratuitas com os professores do Qconcursos.


Ao todo, são quatro editais publicados:



Como se inscrever


As inscrições para participar do concurso Câmara dos Deputados serão abertas a partir das 16h do dia 28 de agosto, pela internet. O prazo ficará aberto até as 16h do dia 4 de outubro.


Os interessados deverão acessar o site da Fundação Getulio Vargas (FGV), a banca organizadora da seleção.


A taxa custa R$95, com exceção do analista com atribuição em consultoria, cujo valor é de R$120.


A taxa poderá ser quitada até o dia 5 de outubro.


Inscritos no Cadastro Único e doadores de medula poderão solicitar a isenção ao valor da taxa. Os pedidos serão aceitos entre às 16h do dia 28 de agosto e às 16h do dia 30, do mesmo mês.


Quanto ganha um analista legislativo da Câmara dos Deputados?


A carreira de analista legislativo tem remuneração de até R$34 mil.


A remuneração inicial é de R$26.196,30, podendo chegar a R$33.424,60 no final da carreira.


As exceções são aos cargos do edital 4, na atribuição de Consultoria. Para estes, os salários iniciais serão de R$34.812,19.


Segundo informações da Câmara dos Deputados, os aprovados no concurso receberão auxílio-transporte de R$142,03 e farão jus aos seguintes benefícios:

  • auxílio-alimentação: R$1.331,59;
  • assistência pré-escolar: R$1.093,37;
  • assistência médica e odontológica: R$641,41; e
  • valor para exame médicos periódicos.


Como são as provas do concurso Câmara dos Deputados?

O concurso Câmara dos Deputados 2023 tem a seguinte estrutura de provas:


O edital para a Analista Legislativo - Consultoria Legislativa e de Orçamento e Fiscalização Financeira será composto por:


  • 1ª etapa de provas objetivas;
  • 2ª etapa de provas discursivas; e
  • 3ª etapa de prova de títulos.


Já para Analista Legislativo - Médico:


  • 1ª etapa de provas objetivas e prova discursiva; e
  • 2ª etapa de prova de títulos.


No caso do Analista Legislativo - Assistente social, contador, enfermeiro, farmacêutico, informática legislativa, técnico em material e patrimônio e técnica legislativa:


  • Etapa única de provas objetivas e prova discursiva.


Os exames serão aplicados nos dias 3 e 10 de dezembro, conforme o cargo.


Veja a distribuição por cada cargo:


Analista Legislativo – atribuição Contador

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa 15

Língua Inglesa 5

Direito Constitucional e Regimento Interno da Câmara dos Deputados 10

Direito Administrativo 10

Raciocínio Lógico-Matemático 10

Informática e Dados 10


Conhecimentos Específicos

Contabilidade Geral e Custos

Contabilidade Aplicada ao Setor Público

Auditoria e Controle

Administração Financeira e Orçamentária Direito Tributário


Analista Legislativo – atribuição Informática Legislativa:

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa 12

Língua Inglesa 10

Direito Constitucional e Regimento Interno da Câmara dos Deputados 6

Direito Administrativo 16

Raciocínio Lógico-Matemático 10

Administração Financeira e Orçamentária 6


Conhecimentos Específicos

Arquitetura de Sistemas de Informação

Arquitetura de Infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação

Segurança Cibernética e da Informação


Analista Legislativo – atribuição Técnico em Material e Patrimônio:

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa 15

Língua Inglesa 5

Direito Constitucional e Regimento Interno da Câmara dos Deputados 10

Direito Administrativo 10

Raciocínio Lógico-Matemático 10

Informática e Dados 10


Conhecimentos Específicos

Licitação e Contratos

Administração de Recursos Materiais

Administração Pública Administração Financeira e Orçamentária Estatística


Técnica Legislativa

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa 15

Língua Inglesa 5]

Direito Constitucional 10

Direito Administrativo 10

Raciocínio Lógico 10

Informática e Dados 10


Conhecimentos Específicos

Regimento Interno da Câmara dos Deputados

Regimento Comum do Congresso Nacional

Código de Ética Ciência Política Administração Geral e Administração Pública Administração Financeira e Orçamentária


Assistente social, enfermeiro, farmacêutico e médico

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa 20

Língua Inglesa 8

Direito Constitucional e Regimento Interno da Câmara dos Deputados 8

Direito Administrativo 8

Raciocínio Lógico-Matemático 8

Informática 8


Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos da atribuição prevista na tabela do item 3.1


Para a especialidade de Consultoria, serão 140 questões, com pontuação entre 175 e 210, de acordo com a área pretendida.


Provas em todas as capitais


A Câmara dos Deputados terá provas aplicadas nas capitais das 27 unidades da Federação. As avaliações serão aplicadas em dois domingos, a depender da especialidade do cargo, sendo eles:


1° domingo


  • provas objetivas e discursiva para Analista Legislativo - nas especialidades de Assistente Social, Contador, Enfermeiro, Farmacêutico, Informática Legislativa, Médico e Técnico em Material e Patrimônio; e
  • provas objetivas de Analista Legislativo - especialidade de Consultoria (Consultoria Legislativa e Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira);


2° domingo


  • provas objetivas e discursiva de Analista Legislativo - especialidade Técnica Legislativa; e
  • provas discursivas de Analista Legislativo - especialidade Consultoria (Consultoria Legislativa e Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira).


Quando foi o último concurso Câmara dos Deputados?


Desde 2014, a Câmara dos Deputados não realiza novos concursos. O último edital disponibilizou o total de 113 vagas.


As carreiras contempladas foram as de agente de polícia legislativa, consultor de orçamento e consultor legislativo.


A banca organizadora responsável foi o Cebraspe. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, contendo 210 questões de Conhecimentos Básicos e Específicos. 


As disciplinas de Conhecimentos Básicos foram variáveis de acordo com o cargo escolhido, sendo elas de:


  • Língua Portuguesa;
  • Legislação;
  • Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Língua Espanhola e Inglesa; e
  • Processo Legislativo.


Além das provas objetivas, os concorrentes passaram também por provas discursivas e análise de títulos.


Projeto Básico trouxe informações sobre o concurso


A Casa divulgou o projeto básico e o documento revela alguns detalhes importantes da seleção. O concurso contará com reserva de 5% das vagas para pessoas com deficiência e 20% das vagas para negros.


Outro ponto importante é que serão quatro editais publicados para as seguintes áreas:


  • Analista Legislativo – atribuição Consultoria (Consultoria Legislativa e Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira);
  • Analista Legislativo – atribuições: Assistente Social, Enfermeiro, Farmacêutico e Médico;
  • Analista Legislativo – atribuições: Contador, Informática Legislativa e Técnico em Material e Patrimônio; e
  • Analista Legislativo – atribuição Técnica Legislativa.


Além disso, de acordo com o projeto básico, o prazo será de 15 dias úteis para a publicação do edital, após a assinatura do contrato com a banca.


O documento revela também que as vagas serão destinadas para lotação exclusiva em Brasília, no Distrito Federal.


O projeto básico informa ainda que será formado um cadastro de reserva para ser aproveitado durante o prazo de validade da seleção.


Neste caso, o concurso ficará válido por dois anos contados a partir da homologação do resultado final e podendo ser prorrogado pelo mesmo período.


Câmara tem 834 aposentadorias previstas


A Câmara dos Deputados estima que 834 servidores tenham direito a aposentadoria até 2028. Portanto, mesmo com as 140 vagas imediatas autorizadas não será capaz de suprir o déficit de servidores na Casa atualmente e nos próximos seis anos.


Além disso, mais de mil cargos vagos já existem. Confira a previsão das aposentadorias , Confira os números por ano: 


  • 2023: previsão de 367 servidores com direito à aposentadoria;
  • 2024: previsão de 91 servidores com direito à aposentadoria;
  • 2025: previsão de 95 servidores com direito à aposentadoria;
  • 2026: previsão de 110 servidores com direito à aposentadoria;
  • 2027: previsão de 71 servidores com direito à aposentadoria; e
  • 2028: previsão de 100 servidores com direito à aposentadoria.


Entre os cargos com maior estimativa de saída estão: analista legislativo - Técnica Legislativa e técnico legislativo - assistente administrativo (esse cargo não está incluído no concurso autorizado).


Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência e são calculados com base na idade e tempo de serviço dos servidores até 31 de dezembro de cada ano. 


Dessa forma, a expectativa é que a Câmara dos Deputados possa fazer um bom uso do cadastro de reserva e até mesmo pensar em seleções para outros cargos que não foram incluídos nessa primeira autorização.