Concurso Correios: edital em março seria o ideal, diz presidente

Em reunião com entidade sindical, presidente dos Correios sinaliza que o edital do novo concurso deveria ser publicado em março. Veja!

Concursos Previstos
Autor:Bruna Somma
Publicado em:05/02/2024 às 15:41
Atualizado em:05/02/2024 às 16:06

A realização de um novo concurso Correios foi abordada no dia 31 de janeiro, em reunião com o presidente da empresa pública, Fabiano Silva, e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect).


O presidente reconheceu a necessidade de acelerar a realização do concurso público e disse que ele entende que o edital deveria sair em março. 


Porém, Fabiano Silva também pontuou problemas que devem ser solucionados antes do concurso, como o novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), mensuração de necessidades de distritos e plano de saúde.

 

Ele disse ainda que o ano passado foi difícil por conta do orçamento, mas que em 2024 está sendo feito um esforço para avançar. Para que o edital seja publicado, os Correios também devem contratar a banca responsável pela aplicação das provas do concurso.


No dia 25 de janeiro, em evento comemorativo ao Dia do Carteiro e da Carteira, Fabiano Silva confirmou a abertura de um novo concurso em 2024

"Iniciamos um grupo de trabalho para discutir PCCs. Nós vamos sim realizar concurso público. Eu sei que é uma demanda, que vocês estão sobrecarregados. Mas nós não podemos realizar um concurso sem planejamento. Este ano eu estou garantindo, nós vamos realizar concurso público na empresa", disse o presidente.

O número de vagas, os cargos, requisitos e salários ainda não foram revelados.


Em 2024, querer é poder! Com o Qconcursos sua aprovação não é um sonho. É o próximo passo. Assine já!0

Correios preparam novo concurso público para este ano

(Foto: Agência Brasil)


Durante o evento, o presidente ressaltou as conquistas junto aos sindicatos, que enfatizou o reajuste salarial e a retirada dos Correios do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do antigo Ministério da Economia, que reunia estatais a serem privatizadas.

Concurso Correios tem mais de um edital previsto

Em outra reunião com entidades sindicais no dia 26 de janeiro, a presidência dos Correios confirmou os preparativos para dois editais


O primeiro será focado para o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Os trâmites estão mais avançados, em fase de análise das propostas. 


A oferta será para os cargos de:

  • médico;
  • engenheiro;
  • enfermeiro;
  • técnico; e
  • auxiliar. 

No caso de técnico e auxiliar, o requisito será o nível médio/técnico. Já os cargos de médico, engenheiro e enfermeiro serão para graduados nas respectivas áreas.


O segundo edital do concurso Correios será mais abrangente, para os demais cargos. No momento, a empresa pública faz uma análise preparatória, com cronograma e vagas necessárias, que demandam realocação e implantação do Sistema de Distribuição (SD).


No caso do segundo concurso, a lista de cargos ainda não foi revelada. Entretanto, há algumas possibilidades nos níveis médio e superior, conforme o plano de cargos dos Correios. 

Nível médio

A carreira de nível médio é de agente de Correios. Ela tem como principal missão executar as atribuições pertinentes aos serviços das áreas Operacional, Comercial e de Suporte.


O concorrente pode ser aprovado para as seguintes funções:

  • carteiro;
  • operador de Triagem e Transbordo (em extinção);
  • atendente comercial; e
  • suporte.

Nível superior

No nível superior, a carreira é de analista de Correios. A atribuição é aplicar conhecimentos técnicos de sua especialidade, visando à otimização dos resultados e aprimoramento dos padrões de trabalho de sua área de atuação.


É possível concorrer para as especialidades de:

  • administrador;
  • advogado;
  • analista de sistemas;
  • arquiteto;
  • assistente social;
  • bibliotecário;
  • contador;
  • economista;
  • engenheiro;
  • estatístico;
  • museólogo;
  • pedagogo;
  • psicólogo; e
  • técnico em Comunicação Social.

Correios detalha trâmites para os novos editais

Após o presidente afirmar que o concurso Correios será aberto este ano, a estatal confirmou que novos editais estão em estudo. Ações prévias estão sendo feitas para preparar o provimento de pessoal. 


As informações foram passadas à Folha Dirigida por Qconcursos pela Assessoria de Imprensa dos Correios. Veja a nota:

“A realização do concurso público encontra-se em estudo. Os Correios estão executando ações prévias no sentido de preparar a empresa para o provimento de pessoal. Mais informações serão divulgadas oportunamente”.

Os Correios já somam mais de 7 mil cargos vagos. O quantitativo foi informado à reportagem pelo MGI no mês de julho de 2023. 


Conforme a pasta, o quadro da estatal conta com 86.700 empregados, mas tem um quantitativo máximo de 94.490 aprovado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (Sest/MGI).


A carência reforça a necessidade de um novo edital para a recomposição do quadro.

Resumo concurso Correios

  • Instituto: Correios
  • Situação atual: diálogo com o Governo Federal
  • Banca: a definir
  • Cargos: a definir
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Vagas: a definir;
  • Remuneração: R$2.179,25.a R$6.333,54

Saiba mais e comece a estudar para o concurso!

Veja como foram os últimos concursos Correios

Para os cargos da SESMT, o último edital foi divulgado em 2017, com oferta distribuída para todo país. As chances foram para auxiliar de enfermagem e técnico em segurança, de nível médio/técnico. 


Além de enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho, de nível superior. Tais requisitos devem ser mantidos no próximo concurso. 


Com organização do Iades, a seleção teve provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.


Os candidatos responderam a 50 questões sobre Língua Portuguesa, Conhecimentos Básicos (Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Legislação aplicada aos Correios) e Conhecimentos Específicos. 


Em 2011, foram publicados outros editais do concurso Correios. Na época, foram ofertadas 9.190 vagas, em diversas carreiras de níveis médio e superior.


O Cebraspe foi o organizador do concurso. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas, além de uma avaliação de capacidade física laboral para candidatos a carteiro e operador de triagem e transbordo.


Para o cargo de agente de Correios, por exemplo, as provas objetivas apresentaram 60 questões com a seguinte divisão:

  • Informática: 20 questões;
  • Matemática: 20 questões; e
  • Português: 20 questões.

Para os demais cargos, as provas tiveram 120 questões no formato "certo" ou "errado", sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Específicos.


Na parte de Conhecimentos Básicos, o concurso Correios de 2011 exigiu as disciplinas de:

  • Português (exceto para formados em Letras);
  • Informática (exceto para Analista de Sistemas – Desenvolvimento de Sistemas e Suporte a Sistemas, e Engenheiro – Engenharia de Redes);
  • Inglês; e
  • Administração Pública.

Quer ficar por dentro das notícias sobre concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram!