Concurso PF pode ter edital este ano, diz presidente da APCF

Um novo concurso PF pode ter edital publicado ainda este ano, de acordo com o presidente da APCF. A carreira de perito criminal será contemplada.

Concursos Previstos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:21/06/2024 às 14:48
Atualizado em:24/06/2024 às 11:43

O novo concurso PF começa a ganhar força e pode ter edital publicado ainda este ano. A informação é do presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Willy Haufe.


Pelas redes sociais, ele reforçou que a PF solicitou a autorização e que o edital será publicado, no máximo, até o ano que vem.

"A Diretoria de Gestão de Pessoas já fez a solicitação formal e serão 57 vagas para perito criminal federal. O edital deverá ser publicado até o final do ano (2024), no máximo, no ano que ve (2025)", disse o presidente da APCF.

Ao todo, a Polícia Federal solicitou 1.810 vagas. Além dos 57 postos para peritos, o pedido de autorização do novo concurso PF também inclui os cargos de:

  • delegado - 261 vagas;
  • agente - 1.115 vagas;
  • escrivão - 364 vagas; e
  • papiloscopista - 13 vagas.

Os cargos de agente, escrivão e papiloscopista exigem o nível superior em qualquer área. Já o delegado, requer graduação em Direito. As oportunidades de perito serão, também, para áreas específicas.


No caso do perito, a graduação vai depender da especialidade ofertada em edital, já que a carreira conta com várias áreas.


Por falar em requisito de escolaridade, o presidente da APCF esclareceu que o tecnólogo deverá ser aceito no próximo concurso.


Segundo Hauffe, a Lei Orgânica da PF que retira essa possibilidade ainda não tem previsão de avançar. Com isso, não deve impactar o próximo concurso, que está iminente.


Caso avance, a Lei Orgânica da PF permitirá apenas candidatos com cursos de nível superior na modalidade bacharelado ou licenciatura.


>Comece AGORA a estudar para o concurso PF! Clique AQUI!

Conheça os salários dos cargos da PF

Os servidores da Polícia Federal contam com ganhos atrativos, além de alguns benefícios. Um deles, por exemplo, é a garantia da estabilidade empregatícia após o período de estágio probatório.


Veja os salários atualizados da carreiras previstas no atual pedido:

  • agente - 1.115 vagas (nível superior em qualquer área e remuneração de R$14.900,54);
  • escrivão - 364 vagas (nível superior em qualquer área e remuneração de R$14.900,54);
  • papiloscopista - 13 vagas (nível superior em qualquer área e remuneração de R$14.900,54);
  • perito - 57 vagas (nível superior em áreas específicas e remuneração de R$27.300); e
  • delegado - 261 vagas (nível superior em Direito e remuneração de R$27.300).

Os valores das remunerações já têm reajustes confirmados. No caso do agente, escrivão e papiloscopista, os ganhos chegarão a R$15.164,81, em 2025, e a R$15.710,10, em 2026.


Já para perito e delegado, as remunerações chegarão a R$27.800, em 2025, e a R$28.831,70, em 2026.


Os servidores da PF recebem diversos benefícios, como o auxílio-alimentação de R$1 mil, recém-ajustado pelo governo.


Leia também:

Concursos PF e PRF: lei que altera remunerações é publicada

+ Concurso PF: confira todos os requisitos completos das carreiras


>Quer começar os estudos GRATUITAMENTE para a Polícia Federal. Cadastre-se e saiba como!

Polícia Federal envia pedido de autorização e novo concurso PF pode estar próximo

(Foto: Governo Federal)

Conheça as áreas do perito criminal

A expectativa por um novo edital é grande, sobretudo para a carreira de peritos criminais federais. Isso porque o cargo não foi contemplado na última autorização e ficou de fora do concurso PF 2021.


Na época, foram autorizadas 1.500 vagas. Porém, somente os cargos de agente, escrivão, delegado e papiloscopista foram contemplados.


O cargo de perito é dividido em 19 áreas, com graduações específicas.


Vai se preparar para concorrer ao cargo de perito da Polícia Federal? Veja a seguir quais são áreas da carreira:


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 1

Requisito: nível superior em Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 2

Requisito: nível superior em Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou Engenharia de Redes de Comunicação


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 3

Requisito: nível superior em Ciências da Computação, Informática, Análise de Sistemas, Engenharia da Computação ou Engenharia de Redes de Comunicação


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 4

Requisito: nível superior em Engenharia Agronômica


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 5

Requisito: nível superior em Geologia


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 6

Requisito: nível superior em Engenharia Química, Química Industrial ou Química


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 7

Requisito: nível superior em Engenharia Civil


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 8

Requisito: nível superior em Ciências Biológicas


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 9

Requisito: nível superior em Engenharia Florestal


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 10

Requisito: nível superior em Medicina Veterinária


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 11

Requisito: nível superior em Engenharia Cartográfica


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 12

Requisito: nível superior em Medicina


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 13

Requisito: nível superior em Odontologia


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 14

Requisito: nível superior em Farmácia


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 15

Requisito: nível superior em Engenharia Mecânica ou Engenharia Mecatrônica


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 16

Requisito: nível superior em Física


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 17

Requisito: nível superior em Engenharia de Minas


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 18

Requisito: nível superior em Engenharia Elétrica


PERITO CRIMINAL FEDERAL/ÁREA 19

Requisito: nível superior em Biomedicina, Ciências Biológicas, Farmácia ou Medicina Veterinária

Concurso PF pode ter editais periódicos

O diretor-geral Andrei Passos também falou sobre a necessidade de novos concursos públicos, principalmente de forma periódica.

"Um pleito nosso é que a Polícia tenha concursos anuais, concursos periódicos, com menor quantidade de vagas, mas concursos periódicos de maneira que a gente consiga sempre - não só repor aqueles quadros que vão se aposentando -, mas também, incrementar o nosso efetivo que, hoje, é de apenas 15 mil servidores", disse Andrei à época.

Mas, até o momento, o MGI não sinalizou sobre autorização para um concurso PF.


A pasta mantém a previsão de autorizar novos Concursos Federais para este ano.


O anúncio atrasou em função das chuvas no Rio Grande do Sul, que adiou as provas do Concurso Nacional Unificado e mudou o cronograma da pasta.


Saiba mais detalhes sobre o concurso PF




Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoDepartamento de Polícia Federal

Salário

Até R$ 23.692,74

Cargos

5

Vagas

1810
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

CNU - Bloco 7 - Aula de Redação: Resolução de Questões

Equipe Qconcursos