Concurso TRE SP tem prazo de validade suspenso até dezembro

Prazo de validade do concurso TRE SP 2016 é suspenso até dezembro deste ano. Confira todos os detalhes!

Autor:
Publicado em:27/07/2021 às 12:48
Atualizado em:27/07/2021 às 12:48

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo suspendeu o prazo de validade do último concurso TRE SP, cujo edital foi publicado em 2016. A suspensão será até dezembro deste ano. Dessa forma, a contagem da validade será retomada a partir de 1º de janeiro de 2022.

A decisão foi divulgada pelo tribunal nesta terça-feira, 27, no Diário Oficial da União. Tal concurso foi homologado em 2017 e teria validade vencida em 2021. 

Diante da pandemia da Covid-19, diversos tribunais estão suspendendo o prazo de validade dos concursos. Essa é uma maneira de garantir que as nomeações possam ocorrer futuramente, mediante orçamento disponível.

O último concurso TRE SP teve oferta de 14 vagas imediatas, sendo sete para técnico judiciário e sete para analista. As carreiras exigiram os níveis médio e superior, respectivamente.

A seleção foi organizada pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva. A avaliação objetiva foi composta por itens de Conhecimentos Gerais e Específicos.

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo
TRE SP suspende prazo de validade do último concurso até dezembro
(Foto: Divulgação)

TRE SP tem maior quantitativo de vagas autorizado para 2021

O Tribunal Superior Eleitoral publicou em maio a portaria com a distribuição de 364 vagas para os concursos da Justiça Eleitoral em 2021. Desse total, 129 são apenas para o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

São 88 vagas para técnico judiciário e 41 para analista judiciário. Mesmo com o prazo de validade suspenso, o tribunal poderá realizar as nomeações.

O TRE de Pernambuco, por sua vez, aparece em segundo lugar na lista com 37 provimentos autorizados. Seguido pelo TRE da Bahia com aval para preenchimento de 32 vagas.

Confira a distribuição a seguir:

Órgão Quantitativo de cargos vagos autorizados para provimento
  Analista Judiciário Técnico judiciário TOTAL

TSE

4

7

11

TRE - AC

-

2

2

TRE - AL

1

4

5

TRE - AM

2

2

4

TRE - BA

10

22

32

TRE - CE

3

6

9

TRE - DF

2

3

5

TRE - ES

2

1

3

TRE - GO

2

4

6

TRE - MA

2

4

6

TRE - MT

4

3

7

TRE - MS

2

6

8

TRE - MG

9

11

20

TRE - PA

4

5

9

TRE - PB

2

2

4

TRE - PR

2

4

6

TRE - PE

8

29

37

TRE - PI

-

1

1

TRE - RJ

8

15

23

TRE - RN

-

2

2

TRE - RS

2

4

6

TRE - RO

2

4

6

TRE - SC

4

4

8

TRE - SP

41

88

129

TRE - SE

1

2

3

TRE - TO

2

2

4

TRE - RR

2

3

5

TRE - AP

1

2

3

TOTAL

122

242

364

Os tribunais só podem contratar servidores até o limite de vagas autorizadas anualmente pelo Tribunal Superior. Os TREs com concursos em validade poderão convocar aprovados. Enquanto os órgãos que não têm seleções vigentes, poderão publicar novos editais.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios para concursos? A Folha Cursos dispõe de videoaulas, material escrito e questões comentadas para te auxiliar no caminho até a posse. 

Confira os cursos para carreiras de tribunais e comece já sua preparação!

 

TSE estuda um novo concurso unificado em 2023

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estuda a realização de um novo concurso unificado para toda Justiça Eleitoral. Conforme a área técnica do órgão, está sendo verificada a viabilidade de publicar o edital em 2023.

“De acordo com a nossa área técnica, estão sendo realizados estudos para verificar a viabilidade de se realizar um concurso público unificado para toda a Justiça Eleitoral no exercício financeiro de 2023. Contudo, ainda não há nenhuma definição”, consta em nota enviada pelo tribunal.

O concurso unificado funciona da seguinte maneira: um único edital é divulgado com vagas para o TSE e outros Tribunais Regionais Eleitorais pelo país, que apontem a necessidade de reposição de pessoal. 

O TSE já entrou em contato com os Tribunais Regionais questionando a situação dos concursos locais e mencionando a possibilidade de seleção unificada em 2023. O TRE do Piauí, por exemplo, já solicitou a suspensão dos trabalhos da atual comissão mediante a possibilidade do processo seletivo unificado.

As chances do novo concurso devem contemplar as carreiras de técnico judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior).

As remunerações atuais para técnico são de R$8.501,45, incluindo o vencimento de R$3.163,07, a Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ) de R$4.428,30 e o auxílio-alimentação de R$910,08.

Já para analista, os valores iniciais são de R$13.365,38, compostos pelo vencimento básico, de R$5.189,71, pela GAJ de R$7.265,59, e auxílio-alimentação de R$910,08.

Os servidores ainda têm direito a vários benefícios, como assistência médica e odontológica (R$215), adicional de qualificação (por nível de escolaridade superior ao exigido para a carreira), auxílio-creche (R$719,62 por dependente de até 5 anos). O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade.