Força Nacional é acionada para segurança do Concurso Unificado

Governo solicita emprego da Força Nacional para garantir a segurança das provas do Concurso Unificado. Confira!

Autor:Bruna Somma
Publicado em:08/03/2024 às 12:35
Atualizado em:11/03/2024 às 16:05

Para garantir a segurança e a integridade do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), o chamado Enem dos Concursos, foi solicitado o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em pontos-chave da operação.


Uma rede de aplicação foi estabelecida, conectando órgãos das administrações públicas federais e estaduais para viabilizar a logística da seleção.


Atuam de forma integrada a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Força Nacional (FN) e Secretarias de Segurança Pública Estaduais.


De acordo com o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), que coordena o concurso, a presença da Força Nacional foi solicitada para duas situações específicas.


Uma é para garantir a segurança nas instalações da Fundação Cesgranrio, localizadas na cidade do Rio de Janeiro RJ, onde serão elaboradas, impressas e armazenadas as provas, no período de 11 de março a 18 de junho.


Depois, assegurar a segurança nos locais de guarda e armazenagem das provas nos municípios brasileiros participantes do concurso, no período de 3 a 6 de maio. 

“Esse é o maior concurso público que o Brasil já fez. Dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 15 não têm inscritos no CPNU. Precisamos zelar para que esse certame ocorra bem. Queremos que a única preocupação dos candidatos seja estudar”, assegurou a ministra da Gestão, Esther Dweck.

A medida busca a proteção tanto do processo de elaboração quanto ao transporte e armazenamento das provas, garantindo a lisura e a segurança do concurso, cujas provas serão realizadas no dia 5 de maio em 220 cidades espalhadas pelo país.


A poucos meses das provas do Concurso Unificado, o Qconcursos irá guiar a sua jornada nesta reta final. A Maratona CNU terá início em 23 de março. Cadastre-se e participe gratuitamente!

Governo pede auxílio da Força Nacional para a segurança do CPNU

(Foto: José Cruz/ABr)


O MGI tem conduzido reuniões com diversas autoridades do sistema de Segurança Pública, incluindo a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Secretaria Nacional de Segurança Pública, para discutir o planejamento da operação de reforço na segurança do CPNU.


Como resultado desses diálogos, foi formalmente solicitada a avaliação da viabilidade do emprego da Força Nacional para colaborar com a segurança do concurso.

"Os inscritos no CPNU podem confiar que todas as medidas estão sendo tomadas para garantir um ambiente justo e seguro no dia da prova", assegurou o coordenador-geral de logística do CPNU, Alexandre Retamal.

Concurso Unificado bate recorde com 2 milhões de inscritos

O Concurso Unificado bateu recorde com a marca de 2.144.435 inscritos confirmados.


A disputa é por 6.640 vagas imediatas para diferentes cargos dos níveis médio e superior de 21 órgãos do Poder Executivo Federal.


Essas oportunidades estão agrupadas por oito blocos temáticos, que representam as áreas de políticas públicas brasileiras. Só foi possível se inscrever para um dos blocos temáticos.


Abaixo, veja a relação candidato por vaga, de acordo com o bloco temático do CPNU:


Bloco 1 - Infraestrutura, Exatas e Engenharias

Vagas: 727

Inscritos: 121.838

Concorrência: 167,59 candidatos


Bloco 2 - Tecnologia, Dados, e Informação

Vagas: 597

Inscritos: 77.943

Concorrência: 130,55 candidatos


Bloco 3 - Ambiental, Agrário e Biológicas

Vagas: 530

Inscritos: 102.922

Concorrência: 194,19 candidatos


Bloco 4 - Trabalho e Saúde do Servidor

Vagas: 971

Inscritos: 336.284

Concorrência: 346,32 candidatos


Bloco 5- Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

Vagas: 1.016

Inscritos: 300.766

Concorrência: 296,02 candidatos


Bloco 6 - Setores Econômicos e Regulação

Vagas: 359

Inscritos: 74.283

Concorrência: 206,91 candidatos


Bloco 7 - Gestão Governamental e Administração Pública

Vagas: 1.748

Inscritos: 429.370

Concorrência: 245,63 candidatos


Bloco 8 - Nível Intermediário

Vagas: 692

Inscritos: 701.029

Concorrência: 1.013,04 candidatos.


Resumo do Concurso Público Nacional Unificado

  • Instituto: mais de 20 órgãos do Executivo Federal
  • Situação atual: inscrições encerradas
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Vagas: 6.640
  • Remuneração: até R$23.579,71
  • Inscrições: 19 de janeiro a 9 de fevereiro
  • Data da prova objetiva: 5 de maio

Saiba mais e comece a estudar para o concurso.

Confira próximas datas do concurso Unificado

Com a proximidade das provas do concurso, os inscritos devem ficar de olho nas etapas e datas.


Os locais de aplicação das provas, por exemplo, serão divulgados no dia 25 de abril, junto ao Cartão de Confirmação de Inscrição. A consulta será feita pela página oficial do concurso.


Confira as próximas etapas e datas do Concurso Unificado:

  • Obtenção impressa do Cartão de Confirmação de Inscrição no endereço eletrônico do Concurso Público Nacional Unificado: 25 de abril;
  • Atendimento aos candidatos com dúvidas sobre os locais de provas, vagas reservadas ou tratamento diferenciado para realização das provas: 25 de abril a 4 de maio;
  • Aplicação das provas objetivas e discursiva: 5 de maio;
  • Divulgação preliminar dos gabaritos das provas objetivas: 7 de maio;
  • Prazo para interposição de eventuais recursos quanto às questões formuladas e/ou aos gabaritos divulgados: 7 a 8 de maio;
  • Disponibilização da imagem do Cartão-Resposta: 3 de junho;
  • Divulgação das notas finais das provas objetivas e da nota preliminar da discursiva: 21 de junho;
  • Interposição de eventuais pedidos de revisão das notas da discursiva: 21 e 22 de junho;
  • Divulgação do resultado dos pedidos de revisão das notas da prova discursiva: 29 de junho;
  • Convocação para o envio de Títulos (via upload): 29 de junho;
  • Envio dos Títulos: 29 de junho a 1º de julho;
  • Resultado preliminar da Avaliação de Títulos: 16 de julho;
  • Previsão de divulgação dos resultados finais: 30 de julho.
  • Convocação dos aprovados para posse ou curso de formação: 5 de agosto

Como serão as provas do Concurso Unificado?

O Concurso Público Nacional Unificado será composto pelas seguintes etapas:

  • 1ª fase: provas objetivas e discursivas;
  • 2ª fase: perícia médica (avaliação biopsicossocial);
  • 3ª fase: procedimento de verificação da condição declarada: reserva de vagas para pessoas negras; e
  • 4ª fase: procedimento de verificação documental complementar: reserva de vagas a indígenas. 

Haverá ainda a avaliação de títulos para alguns cargos.


As provas objetivas e discursivas serão no dia 5 de maio, em 220 cidades do país. A aplicação será dividida em dois turnos. Veja:


Turno da manhã (2h30 de prova)

  • Para cargos de nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação; e
  • para cargos de nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Gerais (20 questões) + prova discursiva Específica do bloco.

Turno da tarde (3h30 de prova)

  • Para cargos de nível médio: provas objetivas (40 questões); e
  • para cargos de nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Específicos (50 questões).

Para os cargos de nível médio, do Bloco 8, as provas objetivas terão questões de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Matemática e Realidade Brasileira. A discursiva será uma redação. 


Já para os cargos de nível superior, na parte objetiva, os concorrentes deverão responder a questões sobre Políticas Públicas e Conhecimentos Específicos, a depender do bloco temático escolhido. Na discursiva, será cobrada uma questão Específica.


Confira aula sobre Direito Constitucional focada no bloco 8:


Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos

Salário

Até R$ 22.921,71

Cargos

9

Vagas

13280
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

CNU - Bloco 8 - Aula de Língua Portuguesa: Acentuação Gráfica | #maratonaqc

Equipe Qconcursos