Concurso Ibama: saiba tudo sobre o próximo edital

Novo concurso Ibama deve sair ainda no início de 2024, entre abril e maio, diz presidente do órgão, Rodrigo Agostinho.

Concursos Previstos
Autor:Júlia Sestero
Publicado em:18/07/2023 às 18:00
Atualizado em:20/02/2024 às 15:26

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais deve publicar um novo concurso Ibama ainda no início de 2024, entre abril e maio, conforme divulgado pelo presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho.


Anteriormente, em um ofício enviado à ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Brasil, Marina Silva, o presidente do Ibama já havia confirmado a existência de um planejamento para a realização do novo concurso visando a contratação de mais servidores.


Segundo a ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, em 2023 não foi possível autorizar concursos para o Ibama e o ICMBio devido à vigência de editais anteriores.


Contudo, para o ano de 2024, a realização de novos editais na área ambiental poderá ser viabilizada, considerando o orçamento disponível.


O que você vai encontrar nesta matéria:


Em 2024, querer é poder! Com o Qconcursos sua aprovação não é um sonho. É o próximo passo. Assine já!

Ibama solicita autorização de novo concurso públicos

(Foto: Ramiro Lucena/Folha Dirigida por Qconcursos)


Está estudando para concursos em 2024? Então confira o E-BOOK gratuito com todos os editais previstos para este aqui. Baixe o material aqui!


Situação atual: governo pretende realizar novo concurso Ibama

Desde que assumiu o posto de presidente, em janeiro de 2023, Lula tem ressaltado a relevância de um novo concurso para o Ibama.


Porém, até o momento, o órgão não recebeu o aval para a realização de um novo concurso público.


Em entrevista coletiva para anúncio do pacote de autorizações realizada em meados de 2023, o presidente Lula fez uma ligação para a ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, cobrando o concurso Ibama.


No entanto, a representante da pasta explicou que a nova seleção precisaria aguardar o fim da validade do último concurso.


Veja a linha do tempo do concurso Ibama:


Quais os cargos do concurso Ibama 2024?

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis aguarda o aval de um novo concurso público para o preenchimento de 2.408 vagas nas seguintes carreiras:


  • analista administrativo: 905 vagas; e
  • analista ambiental: 1.503 vagas.


Os cargos exigem nível superior em qualquer área de formação e possuem salários de R$10.393,72 mil mais benefícios.


Cargos vagos no Ibama

Segundo dados de 2023, o Ibama possui 2.604 cargos vagos e conta com, somente, 700 servidores para fiscalizar o cumprimento da legislação ambiental em todo o país.


Os cargos vagos estão distribuídas entre as carreiras a seguir:

  • Técnico administrativo: 1.174 cargos vagos;
  • Técnico ambiental: 133 cargos vagos;
  • Analista administrativo: 330 cargos vagos;
  • Analista ambiental: 967 cargos vagos.


Além do número alto de vacâncias, o Ibama identificou a previsão de mais 475 cargos a serem vagos devido às aposentadorias de servidores que estão em abono permanência. Essa situação pode agravar ainda mais a preocupante escassez de pessoal na autarquia.


A expectativa é que o próximo concurso público possa amenizar essa situação e restabelecer a força de trabalho do órgão.


O que é preciso para trabalhar no Ibama?

Para trabalhar no Ibama, é necessário preencher os requisitos básicos abaixo:


  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo/tema/UF da vaga;
  • Apresentar declaração de acumulação de cargo ou função pública, quando for o caso, ou a sua negativa;
  • Apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal, expedida no máximo há 30 dias;
  • Apresentar declaração firmada pelo candidato de não ter sido, nos últimos cinco anos: a) responsável por atos julgados irregulares por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União, do Tribunal de Contas de Estado, do Distrito Federal ou de Município, ou ainda, por conselho de contas de Município; b) punido, em decisão da qual não caiba recurso administrativo, em processo disciplinar por ato lesivo ao patrimônio público de qualquer esfera de governo; c) condenado em processo criminal por prática de crimes contra a Administração Pública, capitulados nos Títulos II e XI da Parte Especial do Código Penal Brasileiro, na Lei nº 7.492, de 16 de junho de 1986, e na Lei nº 8.429, de 2 de junho de 1992.
  • Apresentar, no ato da posse, cópias autenticadas em cartório ou cópias simples acompanhadas dos originais dos documentos necessários para composição do dossiê funcional, conforme relação a ser fornecida pela Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas do IBAMA;
  • Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse;
  • A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos do edital e daqueles que vierem a ser estabelecidos impedirá a posse do candidato;
  • Cumprir as determinações do edital.


No que se refere aos requisitos de cada cargo, é necessário:


  • Analista Administrativo: ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em nível superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). 
  • Analista Ambiental: ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em nível superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.


Qual é o salário do Ibama?

Em maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou o reajuste do salários dos servidores federais em 9%. Com isso, o novo valor para o Ibama ficou da seguinte forma, somando vencimento básico e Gratificação de Desempenho de Atividade de Especialista Ambiental - GDAEM.


  • Analista Administrativo e Analista Ambiental: a partir de R$10.393,72.


Os servidores do Ibama também tem direito a benefícios como:

  • auxílio alimentação, no valor de R$ 658, também reajustado;
  • auxílio transporte; e
  • Gratificação de Qualificação.


O que faz um Analista administrativo do Ibama

O Analista Administrativo do Ibama é responsável por realizar todas as atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do instituto.


O que faz um Analista ambiental do Ibama

Já os analistas ambientais são responsáveis por exercer as atividades de planejamento ambiental, organizacional e estratégico afetos à execução das políticas nacionais de meio ambiente formuladas no âmbito da União, em especial as que se relacionem com as seguintes atividades: regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; monitoramento ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; ordenamento 2 dos recursos florestais e pesqueiros; conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambientais.


Último concurso Ibama

Publicado em novembro de 2021, o último concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis foi organizado pela banca Cebraspe e ofertou 568 vagas de níveis médio e superior. A remuneração inicial foi de até R$ 8,5 mil.


Os cargos contemplados no último edital foram Analista Administrativo, Analista Ambiental e Técnico Ambiental da carreira de Especialista em Meio Ambiente.


Ao todo, a seleção contou com 151.062 candidatos inscritos.


O cargo de técnico ambiental, de nível médio de escolaridade, foi o que contou com maior número de candidatos, totalizando 108.041 inscritos para 432 vagas.


Cargos do último concurso Ibama

A última seleção do Ibama ofertou 568 vagas em cargos de nível médio e superior da carreira de Especialista em Meio Ambiente.


Do total de oportunidades, 136 foram destinadas ao cargo de Analista e seus temas de atuação, e 432 ao Técnico Ambiental.


O cargo de Analista, de nível superior, ofertou vagas no Distrito Federal distribuídas entre as seguintes especialidades:


  • Analista Administrativo (40)
  • Analista Ambiental - Licenciamento Ambiental (35)
  • Analista Ambiental - Recuperação Ambiental, Monitoramento e Uso Sustentável da Biodiversidade, Controle e Fiscalização (39)
  • Analista Ambiental - Gestão, Proteção e Controle da Qualidade Ambiental (22)


Já as oportunidades para Técnico Ambiental, de nível médio, foram distribuídas por diferentes Estados, sendo:

  • Acre (15)
  • Alagoas (5)
  • Amazonas (25)
  • Amapá (10)
  • Bahia (5)
  • Ceará (5)
  • Distrito Federal (97)
  • Espírito Santo (5)
  • Goiás (10)
  • Maranhão (20)
  • Minas Gerais (5)
  • Mato Grosso do Sul (10)
  • Mato Grosso (30)
  • Pará (65)
  • Paraíba (5)
  • Pernambuco (5)
  • Piauí (5)
  • Paraná (10)
  • Rio de Janeiro (10)
  • Rio Grande do Norte (5)
  • Rondônia (20)
  • Roraima (15)
  • Rio Grande do Sul (15)
  • Santa Catarina (5)
  • Sergipe (5)
  • São Paulo (10)
  • Tocantins (15)


Qual foi a concorrência do último concurso Ibama

O concurso Ibama de 2021 somou 151.062 inscrições, de acordo com dados da banca Cebraspe.


O cargo de Técnico Ambiental foi o que atraiu o maior número de candidatos, totalizando 108.041 inscrições. Foram destaque de inscrições, o Distrito Federal e o estado do Pará que receberam cerca de 10 mil inscritos cada.


Já o cargo de Analista Ambiental contou com, apenas, 31.408 candidatos.


O cargo de Analista Administrativo foi a carreira que contou com menos candidatos inscritos, com um total de 11.613 pessoas.


Salário do Ibama do último edital

De acordo com o último edital do Ibama (2021), o salário do cargo de Técnico Ambiental era de R$4.063,34. Já o salário da carreira de Analista foi de R$8.547,64.


Os valores somavam o vencimento básico, auxílio-alimentação de R$458 e gratificação de desempenho.


Para todos os cargos, a jornada de trabalho era de 40h semanais.


Quais foram as etapas do último concurso

O último concurso do Ibama compreendeu provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos.


As provas foram realizadas nas capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal.


Prova objetiva

A prova objetiva teve valor máximo de 120,00 pontos e foi composta de 120 questões no formato CERTO ou ERRADO, distribuídas em disciplinas de Conhecimentos básicos (50) e Conhecimentos específicos (70).


Confira a estrutura da prova para cada carreira:


Conhecimentos básicos para os cargos de nível superior

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Tecnologia da Informação
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Legislação do Setor de Meio Ambiente;
  • Noções de Direito Ambiental;
  • Noções de Regulação;
  • Ética no Serviço Público.


Conhecimentos básicos para o cargo de nível médio

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Legislação geral e do setor de Meio Ambiente;
  • Ética no Serviço Público
  • Matemática.


Conhecimentos específicos para o cargo de Analista Administrativo

  • Administração Geral;
  • Administração Pública;
  • Administração Orçamentária, Financeira e Orçamento Público;
  • Contabilidade Pública;
  • Gestão de Pessoas;
  • Matemática Financeira.


Conhecimentos específicos para o cargo de Analista Ambiental – Licenciamento Ambiental

  • Licenciamento Ambiental Federal;
  • Socioeconomia Relacionada ao Licenciamento Ambiental Federal;
  • Infraestrutura e gestão Ambiental no Licenciamento Ambiental Federal.


Conhecimentos específicos para o cargo de Analista Ambiental – Recuperação Ambiental, monitoramento e uso sustentável da biodiversidade, controle e fiscalização

  • Monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental;
  • Noções de Direito Penal.


Conhecimentos específicos para o cargo de Analista Ambiental – Gestão, proteção e controle da qualidade ambiental

  • Língua Inglesa;
  • Gestão de resíduos sólidos e substâncias perigosas;
  • Proteção da atmosfera;
  • Poluição sonora;
  • Controle ambiental por registro;
  • Áreas contaminadas, remediação ambiental e dispersantes químicos;
  • Noções de Pedologia;
  • Noções de Fitossanidade;
  • Segurança Química;
  • Noções de Química Ambiental;
  • Noções de Ecotoxicologia;
  • Noções de Estatística;
  • Noções de Economia Ambiental.


Conhecimentos específicos para o cargo de nível médio

  • Noções de Administração Pública;
  • Noções de Administração Financeira e Orçamentária;
  • Noções de Gestão de Pessoas nas Organizações;
  • Legislação e Normas Ambientais;
  • Meio Ambiente;
  • Educação Ambiental;
  • Atualidades (somente para a prova discursiva).


Critérios de avaliação da prova objetiva

A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, foi igual a:

  • 1,00 ponto, caso a resposta do candidato estivesse em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 1,00 ponto negativo, caso a resposta do candidato estivesse em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 0,00, caso não houvesse marcação ou houvesse marcação dupla (C e E).


Prova discursiva

A prova discursiva teve valor máximo de 30,00 pontos e consistiu de:


  • para Analista Administrativo: redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos;
  • para Analista Ambiental: redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, abordando objeto(s) de conhecimentos específicos de acordo com o Tema escolhido (TEMA 1, TEMA 2 OU TEMA 3); e
  • para Técnico Ambiental: redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados a atualidades. 


A prova discursiva foi corrigida conforme os critérios a seguir:


  • A apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizam a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima é limitada ao valor de 30,00 pontos.
  • A avaliação do domínio da modalidade escrita totaliza o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos tais como: grafia, morfossintaxe, pontuação e propriedade vocabular;
  • Foi desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto escrito fora do local apropriado ou que ultrapasse a extensão máxima de linhas estabelecida no edital.
  • Foi calculada, então, para cada candidato, a nota final na prova discursiva (NFPD), pela fórmula NFPD = NC – 6 x NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato.
  • Foi atribuída nota zero ao texto que obteve NFPD < 0,00 ponto.
  • Nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato recebeu nota na prova discursiva igual a zero.
  • Foi eliminado o candidato que obteve NFPD < 12,00 pontos


Nota final do concurso

A nota final no concurso considerou o somatório da nota final nas provas objetivas (NFPO) e da nota final na prova discursiva (NFPD), ou seja, o valor máximo era de 150,00 pontos.


Materiais gratuitos


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!