CFMV e Anffa Sindical repudiam falta de conteúdos do Mapa no CNU

A carreira de auditor fiscal federal agropecuário consta no Concurso Unificado e as categorias repudiam a falta de conteúdo específico na seleção.

Concursos Abertos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:16/01/2024 às 15:19
Atualizado em:16/01/2024 às 16:24


O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) questionou alguns pontos em ofício encaminhado ao Ministério Público Federal na última sexta-feira, 12.


Além da falta de conteúdo específico, o conselho critica a defasagem na quantidade de auditores-fiscais médicos-veterinários e zootecnistas. Ambos constam no edital unificado, conhecido como Enem dos Concursos.


O CFMV solicita que sejam tomadas providências para que o Concurso Unificado garanta a prestação adequada dos serviços da carreira.

“Causou-nos surpresa que no edital existe oferta de somente 55 vagas para médicos-veterinários. Cabe ressaltar que o quantitativo ofertado em 2017 era de 300 vagas temporárias para médicos-veterinários desempenharem atividade de inspeção junto a este mesmo Ministério e que, o último concurso para servidores efetivos para o referido cargo, ocorreu em 2014”, disse a presidente do CFMV, Ana Elisa Almeida.

Segundo o conselho, essa é uma defasagem histórica na área de auditor-fiscal agropecuário do Mapa.


Além disso, ela garante que há uma previsão de redução no quadro de pessoal para os próximos anos, em virtude de aposentadoria. Estima-se que cerca de 40% do total de servidores do ministério estão em abono permanência.

Anffa Sindical repudia falta de provas específicas

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), entidade que representa os servidores da área, repudia a falta de provas específicas para a carreira de auditor do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU).


Segundo a categoria, o Governo Federal não estabeleceu regras que assegurem uma seleção qualificada dos candidatos para cada formação.


O Anffa Sindical informa que isso pode comprometer as atividades de defesa agropecuária, após o início da atuação dos novos servidores. O sindicato pondera a necessidade da aplicação de uma prova específica.


O sindicato também fez um alerta quanto a demora na realização do Concurso Nacional Unificado.

"Com o calendário apresentado, o controle agropecuário sofrerá com a defasagem do quadro de auditores até o segundo semestre do ano, comprometendo liberações em frigoríficos e plantações, e a vigilância de produtos em portos e aeroportos. Atualmente, cerca de 20% dos 2,3 mil auditores agropecuários em atividade estão aptos a aposentar."

Vale lembrar que o edital foi publicado em 10 de janeiro e as provas serão em 5 de maio. Já o início da convocação para posse e cursos de formação deve ocorrer em 5 de agosto de 2024.


A demanda de novos servidores, déficit de pessoal e a necessidade de um Concurso Unificado mais direcionado para a carreira agropecuária foi citada pelo presidente Janus Pablo, em entrevista à Folha Dirigida por Qconcursos. Leia aqui o conteúdo na íntegra!


Em 2024, querer é poder! Com o Qconcursos sua aprovação não é um sonho. É o próximo passo. Assine já!

Entidades do Mapa criticam a falta de conteúdo específico para o Mapa no Concurso Unificado

(Foto: Governo Federal)


Resumo concurso Mapa

  • Instituto: Ministério da Agricultura
  • Situação atual: edital publicado
  • BancaCesgranrio
  • Cargos: agente, auditor e técnico
  • Escolaridade: níveis médio, técnico e superior
  • Vagas: 520 vagas
  • Remuneração: até R$16.555,33
  • Inscrições: 19 de janeiro a 9 de fevereiro
  • Data da prova objetiva: 5 de maio de 2024

+ Prepare-se para o concurso Mapa com materiais exclusivos

Como serão as provas do concurso Unificado?

O cargo de auditor federal agropecuário está no Concurso Unificado e os candidatos serão avaliados pelas seguintes etapas:

  • 1ª fase: provas objetivas e discursivas;
  • 2ª fase: perícia médica (avaliação biopsicossocial);
  • 3ª fase: procedimento de verificação da condição declarada: reserva de vagas para pessoas negras; e
  • 4ª fase: procedimento de verificação documental complementar: reserva de vagas a indígenas. 

As provas objetivas e discursivas estão marcadas para o dia 5 de maioem dois turnos.


Veja a seguir como será a aplicação por turno:

Turno da manhã (2h30 de prova)

  • Para cargos de nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação;
  • Para cargos de nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Gerais (20 questões) + prova discursiva de Conhecimento Específico do bloco.

Turno da tarde (3h30 de prova)

  • Para cargos de nível médio: provas objetivas (40 questões);
  • Para cargos de nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Específicos (50 questões).

Será eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 40% da pontuação nas provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos ou nota zero na prova discursiva.

Confira as disciplinas do cargo de auditor

Veja quais serão as disciplinas cobradas para a carreira auditor fiscal federal agropecuário. Vale lembrar que as vagas do CPNU estão divididas por bloco temático, incluindo as matérias.


No caso do auditor do Mapa, as oportunidades estão no bloco 3. Confira!


Bloco 3 Ambiental, Agrário e Biológicas

Conhecimentos Gerais:

  • Políticas Públicas.

Conhecimentos Específicos:

  • Eixo temático 1 - Gestão Governamental e Governança Pública;
  • Eixo temático 2 - Políticas Públicas;
  • Eixo temático 3 -Caracterização da Paisagem no Meio Rural;
  • Eixo temático 4 - Práticas de Produção Agropecuária no Meio Rural; e
  • Eixo temático 5 - Desenvolvimento Sustentável no Meio Rural.

Os eixos temáticos terão pesos diferentes a depender da carreira pretendida.

Vagas do Mapa no Concurso Unificado

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento oferece 520 oportunidades, para cargos de níveis médio, técnico e superior.


As mais de 520 vagas disponíveis para ingresso no Mapa são ofertadas pelo Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) - o chamado "Enem dos Concursos". As remunerações iniciais chegam a R$7 mil. 


As oportunidades do Mapa estão agrupadas em 5 dos 8 blocos temáticos disponíveis, de acordo com afinidades dos cargos e temas de atuação. No CPNU, cada bloco teve seu próprio edital divulgado.


Confira a seguir os editais que estão as vagas do Mapa:

Além das 520 oportunidades que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento oferece, o Concurso Unificado conta com mais de 6 mil vagas em 20 órgãos federais.


Das 520 vagas previstas, 440 são destinadas ao Ministério da Agricultura e 80 para o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).


Confira a seguir confira como ficou a distribuição por bloco dos cargos do concurso do Mapa:


Veja a divisão das vagas da Mapa por bloco temático:

Bloco 1: Infraestrutura, Exatas e Engenharias: duas vagas

  • analista em ciência e tecnologia - Engenharia Elétrica ou Eletrônica: duas vagas

Bloco 2: Tecnologia, Dados e Informação: 20 vagas

  • analista em ciência e tecnologia - Tecnologia da Informação: 20 vagas; 

Bloco 3: Trabalho e Saúde do Servidor: 240 vagas

  • auditor-fiscal federal agropecuário - Engenheiro Agrônomo (com registro no Conselho de Classe): 116 vagas;
  • auditor-fiscal federal agropecuário - Médico Veterinário (com registro no Conselho de Classe): 55 vagas;
  • auditor-fiscal federal agropecuário - Químico (com registro no Conselho de Classe): 12 vagas;
  • auditor-fiscal federal agropecuário - Farmácia: 11 vagas;
  • auditor-fiscal federal agropecuário - Zootecnista (com registro no Conselho de Classe): 6 vagas;
  • tecnologista - Meteorologista ou Ciências Atmosféricas: 40 vagas.

Bloco 7: Gestão Governamental e Administração Pública: 18 vagas

  • analista em Ciência e Tecnologia - qualquer área de conhecimento: 18 vagas

Bloco 8: Nível intermediário: 240 vagas

  • agente de atividades agropecuárias - Curso Técnico Agrícola com registro Conselho de Classe: 100 vagas;
  • agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal - Curso Técnico Agrícola com registro Conselho de Classe - 100 vagas;
  • técnico de laboratório - Curso Técnico em Biotecnologia, Análise Clínicas, Metrologia, Química, Agroindústria, Alimentos, Farmácia, Viticultura e Enologia, com registro em Conselho de Classe: 40 vagas. 

Para ingressar nas carreiras, o candidato deve possuir a formação na respectiva área desejada.


No bloco Intermediário, a exigência é o curso de nível médio/técnico, enquanto os demais exigirão a graduação de nível superior.


Fique por dentro dos concursos!


Quer ficar por dentro das notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoMinistério da Agricultura e Pecuária

Salário

Até R$ 15.897,33

Cargos

12

Vagas

520
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

CNU - Bloco 8: Aula de Direito Constitucional | #maratonaqc

Equipe Qconcursos