Concurso PMERJ: audiência na Alerj debate irregularidade na prova

A Comissão de Segurança Pública realiza audiência na Alerj nesta segunda, 11, para debater ar fraudes na prova do concurso PMERJ. Entenda!

Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:11/09/2023 às 15:49
Atualizado em:11/09/2023 às 16:06

Uma audiência realizada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro discute as irregularidades e possíveis fraudes na prova do concurso PMERJ para soldados. A etapa foi anulada pelo governo, que segue com investigações em andamento.


A audiência é realizada pela Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia da Alerj, com transmissão ao vivo.


Confira aqui a audiência


A Casa legislativa informou que o objetivo da audiência é discutir as possíveis irregularidades durante a aplicação da prova objetiva do concurso.


Presidente do colegiado, o deputado Márcio Gualberto (PL) falou sobre a realização da audiência, dizendo que foi recebido um grande volume de demanda pela comissão, além de relatos sobre fraudes e falhas na realização.


O objetivo do debate, segundo ele, é tentar garantir a lisura do concurso.

"Vamos debater de forma ampla os caminhos a serem percorridos até que alcancemos o objetivo de garantir a lisura do processo seletivo. O grande volume de demandas recebidas por esta Comissão e os inúmeros relatos veiculados pela mídia em relação às possíveis fraudes e falhas na realização e fiscalização da prova nos deixaram estarrecidos e extremamente preocupados. Por isso, decidimos debater esse tema em audiência pública”, comentou o parlamentar.

Apesar da audiência, nenhum representante do Ibade, organizador, compareceu. A banca alegou que, em vista do convite ter sido feito em curto espaço de tempo, não foi possível comparecer.


Recentemente, a reportagem da Folha Dirigida questionou a PMERJ e o Ibade sobre o andamento das investigações e próximos passos.


Em nota, a Polícia Militar do Rio de Janeiro informa que as apurações relativas ao concurso seguem em andamento e não divulgou prazos.

"Ainda não há prazo definido e os trâmites para o novo certame seguem em curso", disse.

O Ibade, por sua vez, comentou que foram adotados "todos os procedimentos prévios de segurança de forma a possibilitar a lisura do Certame, não se tendo notícia de vazamento de qualquer conteúdo das provas aplicadas.


Leia também:

+ Concurso PMERJ: candidatos dividem opinião sobre anular a prova


O governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, já confirmou que uma nova prova será aplicada. No entanto, ainda não afirma se será escolhida uma nova banca ou se manterá o Ibade à frente da organização.

“Quem se inscreveu pode ficar tranquilo que em breve vamos anunciar as novas datas para a realização das provas, que acontecerão ainda este ano", disse Castro.

Ainda não se sabe quando será a nova prova. O cronograma retificado deve ser divulgado em breve.


Quer garantir a sua vaga em um concurso público? Conheça a Vitalícia Qconcursos, com descontos especiais em diversos planos, que vão te encaminhar para a conquista de uma das mais de 100 mil vagas em 2023! Acesse aqui!

Concurso PMERJ é tema de audiência na Alerj

(Foto: Agência Brasil)

Veja o que aconteceu nas provas da PMERJ

As provas do concurso PMERJ foram marcadas por denúncias de candidatos. Eles relataram atraso na abertura e fechamento dos portões, uso de celulares, fiscais despreparados e mais. Além disso, uma operação da corporação prendeu 20 criminosos.


No domingo, 27, Folha Dirigida por Qconcursos esteve no campus de Nova Iguaçu da Estácio de Sá, realizando a cobertura dos exames.


Por lá, os portões fecharam com quase 30 minutos de atraso. As provas começaram somente às 11h, com duas horas de atraso, e não haviam fiscais suficientes.


Em grupos de mensagens, candidatos trocaram detalhes da prova e passaram respostas. Veja todos os detalhes aqui!

Como foram as provas da PMERJ?

Nesta primeira etapa, foram cobradas 50 questões, com a seguinte distribuição:

  • Língua Portuguesa (dez questões);
  • Matemática Básica (dez);
  • Noções de Direitos Humanos (dez);
  • Noções de Direito Administrativo e Legislação Aplicada à PMERJ (dez); e
  • Noções de Direito Penal e Processo Penal (dez).

Cada questão terá o valor de dois pontos. Será classificado na prova objetiva quem obtiver concomitantemente 60% dos pontos e não zerar nenhuma disciplina. 


A Polícia Militar do Rio de Janeiro oferece o total de 2 mil vagas para soldados. Desse número, 200 são para sexo feminino e 1.800 para sexo masculino. 


Quer ficar por dentro das notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoPolícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Salário

Até R$ 5.233,88

Cargos

1

Vagas

2000
AO VIVOVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso Caixa - Aula de Conhecimentos Bancários: Estrutura do Sistema Financeiro Nacional

Equipe Qconcursos