Concurso PRF: presidente da CLDF cobra o aval para 473 excedentes

O presidente da CLDF, deputado Wellington Luiz, encaminhou um ofício ao MGI e cobra a chamada dos 473 excedentes do concurso PRF. Veja mais!

Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:10/07/2024 às 10:52
Atualizado em:10/07/2024 às 11:02

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado Wellington Luiz, cobrou a autorização para chamada de 473 excedentes do concurso PRF.


Um ofício foi encaminhado à ministra da Gestão e Inovação (MGI), Esther Dweck, e solicita atenção especial para o pedido protocolado, que requer o provimendo adicional de mais aprovados.

"Trata-se de justo pleito dos integrantes da carreira da Polícia Rodoviária Federal, haja vista que os servidores prestam relevantes serviços junto ao Ministério Público do Trabalho no combate ao Trabalho Escravo, além de combater diuturnamente a exploração sexual de crianças e adolescentes e o tráfico de pessoas nas Rodovias e Estradas Federais", diz o documento assinado pelo presidente da CLDF.

A demanda encaminhada pelo presidente da Casa foi requerida pela comissão dos aprovados do concurso PRF 2021.


Veja o documento na íntegra:


A comissão também encaminhou um ofício ao deputado Robério Bandeira de Negreiros Filho e solicita apoio para a chamada dos excedentes. O pedido segue em análise no MGI, mas ainda não tem previsão de autorização.


Neste segundo documento, a comissão de aprovados elenca argumentos e diz que a chamada de mais aprovados tem como foco lotar novos PRFs na Região Amazônica, de acordo com o diretor-geral da corporação.


O grupo cita, ainda, a intensa batalha no combate ao garimpo ilegal e demais crimes ambientais na terra indígena Yanomami, além do combate ao trabalho escravo, à exploração sexual de crianças e adolescentes e ao tráfico de pessoas nas rodovias e estradas federais.


PRF confirma pedido para chamada de excedentes

Em resposta ao Qconcursos Folha Dirigida, a PRF confirmou que foi encaminhado o pedido para a chamada de 473 excedentes do último concurso, realizado em 2021.


A demanda foi protocolada junto ao MJSP, que fez o pedido formalmente ao MGI.


A PRF informou que esse provimento adicional, com aprovados do último concurso, tem como previsão nomeações a partir de janeiro de 2025.


Vale lembrar que, no ano passado, a corporação teve um pedido negado para a chamada de excedentes. A previsão era contar com mais 238 aprovados.


A corporação também informou que existem cerca de 959 candidatos aprovados que ainda fazem parte do cadastro de reserva e podem ser convocados para um futuro curso de formação.


Além disso, são mais de 470 cargos que estão vagos e podem ser preenchidos por aprovados do último concurso.


Entre no nosso grupo do WhatsApp e fique por dentro das principais informações de concursos públicos. Acesse aqui!

Presidente da CLDF cobra ao MGI a chamada dos 473 excedentes do concurso PRF

(Foto: Governo Federal)


Caso o Governo Federal autorize a chamada dos 473 excedentes, a intenção da Polícia Rodoviária Federal é realizar o novo CFP ainda este ano.


Isso porque o último concurso PRF está válido somente até dezembro de 2025, não podendo mais ser prorrogado.


Após este prazo, a PRF somente poderá contar com novos servidores se realizar um novo concurso.


Para um novo concurso, no entanto, seria preciso criar mais cargos no quadro da PRF. Afinal, com os excedentes, a corporação atingirá o seu limite de 13.098 policiais rodoviários federais e não poderá mais convocar aprovados.


A corporação tem o desejo de aumentar o seu quadro para 18 mil servidores. Se esse projeto avançar, um novo concurso para a área Policial será possível.


Concurso PRF é solicitado com 4.902 vagas

Mesmo com a possibilidade de atingir o seu limite de 13.098 policiais, um novo concurso PRF foi solicitado com 4.902 vagas. A corporação confirmou a solicitação, que foi encaminhada pelo MJSP ao governo.


Com esse quantitativo, a PRF chegaria ao teto de 18 mil policiais, como previsto.


Para que isso seja possível, uma Medida Provisória precisa avançar e criar os novos cargos. Até o momento, não há indícios de que o projeto tenha ganhado forças externamente.


Além disso, a corporação também enviou um pedido de concurso PRF na área Administrativa. A solicitação foi para 235 vagas de agente administrativo, carreira de nível médio e que não tem edital há mais de dez anos.



Requisitos e salários do concurso PRF

A carreira de policial rodoviário federal da PRF é destinada a candidatos com nível superior em qualquer área. Além disso, é preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B ou superior.


A PRF exige que o candidato tenha, na data da matrícula no Curso de Formação Profissional, idade mínima de 18 anos e máxima de 65 anos. Podem concorrer candidatos de ambos os sexos.


A remuneração atual do policial é de R$12.114,60, considerando vencimento de R$11.114,60 e o auxílio-alimentação de R$1 mil.


No entanto, já há reajustes aprovados para a categoria, elevando o valor a R$12.670,33, em maio de 2025, e a R$13.253,84, em 2026.



Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoPolícia Rodoviária Federal

Salário

Até R$ 9.899,87

Cargos

1

Vagas

1500
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Português para concursos

Equipe Qconcursos