Concurso Unificado: entenda funcionará o cadastro de reserva

O Concurso Nacional Unificado poderá permitir até quase 20 mil convocações. Entenda como funcionará o cadastro de reserva!

Concursos Previstos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:29/03/2024 às 09:15
Atualizado em:01/04/2024 às 08:51

Com 6,6 mil vagas imediatas, o Concurso Nacional Unificado é uma das principais oportunidades deste ano e pode triplicar o número de convocações. Isso porque está confirmado que haverá cadastro de reserva.


De acordo com os editais do 'Enem dos Concursos', a previsão é de um cadastro de reserva com, pelo menos, o dobro do número de vagas imediatas.


No total, o CNU oferece 6.640 vagas, entre diversos cargos e órgãos. As chances são para quem tem níveis médio e superior.


A partir deste cenário, entende-se que o CNU poderá ter 13.280 aprovados no cadastro de reserva. Esses poderão ser aproveitados durante todo o prazo de validade, que será de 12 meses (um ano), cabendo prorrogação uma vez e por igual período.


Dessa forma, se somadas as 6.640 vagas imediatas e todas as possíveis chamadas do banco de reserva, o Concurso Unificado pode chegar a ter quase 20 mil aprovados sendo nomeados.


É importante destacar que somente as vagas imediatas dão garantia de convocação. O aproveitamento do cadastro de reserva será facultativo e realizado à medida em que houver necessidade e disponibilidade orçamentária..


Ainda não está participando da Maratona CNU? Saiba como ter acesso a aulas, materiais e diversos conteúdos exclusivos, totalmente de graça! Quero me inscrever na Maratona CNU agora!

Cadastro do CNU poderá ser usado para vagas temporárias

Uma novidade é que o cadastro de reserva do Concurso Unificado poderá ser utilizado para eventuais contratações temporárias dentro dos órgãos federais.


Em entrevista exclusiva à Folha Dirigida por Qconcursos, a secretária adjunta de Gestão de Pessoas do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) e coordenadora da Comissão de Governança do CPNU, Regina Camargos, comentou a respeito.

“Vamos poder usar o banco de aprovados para chamar temporários para administração pública. Vamos olhar os currículos disponíveis e adequar com as necessidades daquele órgão que está demandando as necessidades temporárias”, descreveu Regina. 

O governo encontrou nessa decisão uma forma de economizar com os processos de seleção, já que terá à disposição um banco de candidatos já avaliados. 


Atenção! Aqueles que forem chamados para as vagas temporárias continuarão tendo direito ao provimento efetivo e seguirão na lista do Concurso Unificado. 


Após encerrar o serviço temporário, o aprovado volta para a lista de espera e pode concorrer por uma vaga efetiva, de acordo com a sua lista de preferência.


De acordo com a secretária, todo o processo do Enem dos Concursos estará sendo monitorado diariamente pelos órgãos de controle.  


Prepare-se para o Concurso Nacional Unificado. Confira aqui material exclusivo e as últimas informações do CNU!

Concurso Unificado preencherá mais de 6 mil vagas imediatas, mas também formará cadastro de reserva

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)


Resumo do Concurso Público Nacional Unificado

  • Instituto: mais de 20 órgãos do Executivo Federal
  • Situação atual: inscrições encerradas
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Vagas: 6.640
  • Remuneração: até R$23.579,71
  • Inscrições: 19 de janeiro a 9 de fevereiro de 2024
  • Data da prova objetiva: 5 de maio

Saiba mais e comece a estudar para o concurso.


O cadastro reserva, de acordo com a ministra da Gestão e Inovação, Ester Dweck, será formado por todos os candidatos que não forem aprovados em sua primeira opção de cargo.


No entanto, sempre de forma a respeitar a ordem de preferência elencada na inscrição.   

“A partir do momento que entrou em um cargo, se a pessoa não obteve a primeira opção, ela vai continuar na lista de espera daqueles cargos que estão acima. Se ela entrou, por exemplo, na terceira opção que fez, ela continua num cadastro reserva da primeira e da segunda opções, mas não fica mais no cadastro reserva daquelas que estava abaixo”, disse Dweck.

No entanto, para figurar no cadastro reserva, é obrigatório o candidato ter obtido a pontuação mínima que é exigido no edital para aprovação nas provas de cada cargo.


Concurso Unificado aplicará provas em maio; veja detalhes!

Todos os concorrentes da 1ª edição do Concurso Público Nacional Unificado serão avaliados por meio das seguintes fases:

  • 1ª fase: provas objetivas e discursivas;
  • 2ª fase: perícia médica (avaliação biopsicossocial);
  • 3ª fase: procedimento de verificação da condição declarada: reserva de vagas para pessoas negras; e
  • 4ª fase: procedimento de verificação documental complementar: reserva de vagas a indígenas. 

Além disso, ainda haverá uma avaliação de títulos para alguns cargos.


As provas objetivas e discursivas estão confirmadas para acontecer no dia 5 de maio, em 220 cidades espalhadas pelo país, divididas em dois turnos. Confira:


Turno da manhã (2h30 de prova)

  • nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação; e
  • nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Gerais (20 questões) + prova discursiva Específica do bloco.

Turno da tarde (3h30 de prova)

  • nível médio: provas objetivas (40 questões); e
  • nível superior: provas objetivas de Conhecimentos Específicos (50 questões).

Para os cargos de nível médio, do Bloco 8, as provas objetivas terão questões de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Matemática e Realidade Brasileira. Nesse caso, a discursiva será uma redação. 


Já os cargos de nível superior, na parte objetiva, os concorrentes deverão responder a questões sobre Políticas Públicas e Conhecimentos Específicos, a depender do bloco temático escolhido.


Na discursiva, será cobrada uma questão sobre Conhecimentos Específicos.


Cronograma do Concurso Unificado

Após o período de inscrição, o candidato deve ter atenção às principais datas do CNU. Veja o cronograma da seleção:

  • 29 de fevereiro de 2024 – divulgação dos dados finais de inscrições;
  • 29 de abril de 2024 – divulgação dos cartões de confirmação;
  • 5 de maio de 2024 – aplicação das provas;
  • 3 de junho de 2024 – divulgação dos resultados; das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e de redação;
  • 30 de julho de 2024 – divulgação final dos resultados; e
  • 5 de agosto de 2024 – início da convocação para posse e cursos de formação.

Prepare-se para o CNU! Comece a estudar agora:


Quer ficar por dentro da banca do Concurso Público Nacional Unificado? Então baixe agora, gratuitamente, o E-BOOK do perfil da CESGRANRIOcom todas as informações sobre o chamado Enem dos Concursos. Clique aqui!

Fique por dentro dos concursos!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos

Salário

Até R$ 22.921,71

Cargos

9

Vagas

13280
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso TRE Unificado - Aula de Direito Penal: Usurpação de função pública

Equipe Qconcursos