Concurso Unificado terá cronograma completo publicado este mês

Após definir a data da prova, o MGI trabalha para divulgar ainda em junho o novo cronograma do Concurso Nacional Unificado. Saiba detalhes!

Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:11/06/2024 às 11:15
Atualizado em:11/06/2024 às 11:17

Os candidatos que aguardam as próximas datas do CNU podem ter novidades nos próximos dias, ou semanas. Isso porque o cronograma completo do Concurso Unificado deve sair ainda em junho.


Folha Dirigida por Qconcursos apurou com fontes ligadas ao Ministério da Gestão e Inovação (MGI) que o "cronograma completo está previsto para junho."

Em resposta à reportagem, no final de maio o MGI informou que será necessária uma atualização nos editais, com novas datas. As retificações serão divulgadas no Diário Oficial da União.


Vale destacar que não há uma data exata para que a divulgação aconteça, pois a pasta ainda trabalha na definição do cronograma completo com as demais etapas.


Até o momento, apenas duas datas do novo cronograma foram confirmadas. São elas:

  • divulgação dos locais de provas: 7 de agosto; e
  • realização das provas: 18 de agosto.

O cronograma precisou ser alterado após a decisão do Governo Federal de adiar a aplicação das provas objetivas e discursivas em todo o país devido às fortes chuvas e o estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul.


Se as provas tivessem acontecido em maio, como previsto no cronograma inicial, a convocação dos aprovados estava agendada para o dia 5 de agosto, portanto, com um intervalo de três meses entre provas e as convocações.


Caso esse intervalo se mantenha, com as provas agora em agosto, as convocações de aprovados poderão ser feitas a partir de novembro.


>> O Qconcursos prepara você para as provas do CNU! Cadastre-se aqui e tenha acesso aos conteúdos!


Concursos Federais: MGI projeta novas autorizações

Além da publicação de um novo cronograma, o MGI também projeta para o mês de junho a publicação de novas autorizações de Concurso Federais, como já havia prometido.


Fontes ligadas ao Governo Federal informam que esse anúncio está confirmado e deve acontecer ainda em junho.


A previsão era que as novas vagas autorizadas fossem anunciadas no mês de maio, mas houve um atraso em função do adiamento das provas. O MGI se mobilizou para entender o cenário do Rio Grande do Sul e conseguir remarcar os exames do CNU.


Em resposta à Folha Dirigida por Qconcursos, a assessoria da pasta confirmou que os anúncios serão realizados em breve.


Vale destacar que , como em todo ano, os órgãos federais encaminharam seus respectivos pedidos de concursos até o dia 31 de maio. Agora, as autorizações podem ser concedidas pelo MGI a qualquer momento.


Na última semana, a ministra Marina SIlva confirmou que 460 vagas foram autorizadas para o Ibama, o ICMBio e também para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A expectativa é que o aval saia no Diário Oficial e que o MGI anuncie mais autorizações.


>>>Participe agora do nosso Grupo do Telegram e fique por dentro das principais notícias do mundo dos concursos!

Após nova data da prova ser definida, edital do CNU terá novo crongorama divulgado

(Foto: Governo Federal)


Ministra Esther fala sobre a nova data do CNU

Segundo a ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, três fatores foram considerados para a remarcação das provas do CNU para o dia 18 de agosto. Veja a seguir: 

  • o tempo mínimo para reconstrução do Rio Grande do Sul; 
  • um período do ano com menor incidência de chuvas; e 
  • um domingo sem grandes provas de concursos marcadas. 
"18 de agosto é um tempo suficiente para a situação do Rio Grande do Sul estar mais estabilizada e a gente conseguir ver o espaço de provas lá e, ao mesmo tempo, do ponto de vista hidrológico no Brasil, o mês de agosto é o de menor incidência hidrológica no Brasil inteiro. Maio é baixo, mas é muito superior a agosto. E também 18 de agosto não tinha nenhum grande concurso sendo feito no Brasil", detalhou a ministra em entrevista coletiva concedida à mídia alternativa e coordenada pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão do Itararé.

Embora a data da prova tenha sido alterada, não há previsão de reabertura das inscrições, tampouco de reembolso ao valor da tava.

Como serão as provas do CNU?

Todos os candidatos do CNU serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, que serão realizadas nos turnos da manhã e tarde. Confira os horários:


Turno da manhã

  • Abertura dos portões: 7h30
  • Fechamento dos portões: 8h30
  • Início da aplicação: 9h
  • Término da aplicação: 11h30
  • Término da aplicação para candidatos que necessitem de tempo adicional para realização das provas e tenham solicitado no ato da inscrição: 12h30
  • Duração da prova: 2h30

Turno da tarde

  • Abertura dos portões: 13h
  • Fechamento dos portões: 14h
  • Início da aplicação: 14h30
  • Término da aplicação: 18h
  • Término da aplicação para candidatos que necessitem de tempo adicional para realização das provas e tenham solicitado no ato da inscrição: 19h.
  • Duração da prova: 3h30

Pela manhã, os concorrentes dos blocos de nível superior (1 a 7) deverão responder a 20 questões objetivas de Conhecimentos Gerais e a uma questão dissertativa de Conhecimento Específico.


Já o bloco de nível médio (8), os participantes farão 20 questões de múltipla escolha e uma redação.  


Na parte da tarde, para os blocos de nível superior (1 a 7), serão cobradas 50 questões objetivas de Conhecimentos Específicos.


Já os candidatos no bloco de nível médio (8) farão mais 40 questões objetivas.


Será eliminado quem obtiver aproveitamento inferior a 40% da pontuação nas provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos ou nota zero na prova discursiva.


Prepare-se para o CNU com dicas dos professores do Qconcursos. Confira:


Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos

Salário

Até R$ 22.921,71

Cargos

9

Vagas

13280
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso TJ SP Escrevente: Aulão das Disciplinas de Direito | Bloco II do edital #aovivo

Equipe Qconcursos