Ministra confirma novos concursos federais e 2ª edição do CNU

Ministra Esther Dweck revela que novos concursos federais serão autorizados este ano e que a intenção é realizar um novo CNU a cada dois anos. Veja!

Concursos Abertos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:17/01/2024 às 10:27
Atualizado em:17/01/2024 às 11:22

A ministra da Gestão e Inovação, Esther Dweck, confirmou que novos concursos federais devem ser autorizados este ano. Além disso, uma segunda edição do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) já está nos planos do governo.


Esther foi a convidada do programa "Bom Dia, Ministra" desta quarta-feira, 17, e respondeu perguntas sobre o edital unificado, o serviço público e outros assuntos.


Sobre o provimento de vagas no Executivo Federal, a ministra informou que teve um longo período sem concursos e o presidente Lula decidiu fazer novas seleções, inicialmente, para áreas estratégicas.


Segundo a ministra da Gestão e Inovação, neste primeiro momento foram priorizadas as áreas que estavam mais desfalcadas, além, também, daquelas que não tinham tido concurso há mais tempo.

"Então a gente teve que priorizar algumas áreas, mas mesmo assim não foi o suficiente", disse a ministra".

Portanto, ela indicou que mais concursos serão autorizados.

"(...) ao longo desse ano, e nos próximos anos, a gente vai autorizar novos concursos", confirma Esther Dweck.

Em novembro, o presidente Lula confirmou que mais concursos federais serão realizados para repor os ministérios. Segundo ele, o número atual é desproporcional.


Leia também: Lula sanciona LDO 2024 que possibilita novos concursos federais

Governo já prevê a 2ª edição do Concurso Unificado

Além da autorização de novos editais, a ministra também indica que a ideia é conseguir fazer um novo concurso unificado. Portanto, a 2ª edição do "Enem dos Concursos" já está no radar do Governo Federal.

"A nossa ideia é que a gente consiga fazer de novo, juntando áreas e fazendo novo concurso nacional unificado", disse a ministra.

No entanto, Esther explicou que isso deverá ocorrer de dois em dois anos, já que o prazo de validade é de um ano e pode ser prorrogado por mais um, além de demandar um grande esforço entre os ministérios.


Esther garantiu que, para um próximo concurso unificado, outros órgãos deverão ser contemplados.


Quer ficar por dentro da banca do Concurso Público Nacional Unificado? Então baixe agora, gratuitamente, o E-BOOK do perfil da CESGRANRIOcom todas as informações sobre o chamado Enem dos Concursos. Clique aqui!

Inscrições para o Concurso Unificado começam nesta sexta, 19

Quem ficou interessado e quer participar da 1ª edição do Concurso Nacional Unificado precisa ficar atento ao cronograma. O edital foi publicado no dia 10 de janeiro e as inscrições já começam nesta sexta, 19.


Para participar, os concorrentes devem ter uma conta GOV.BR, em qualquer nível (ouro, prata e bronze).


O primeiro passo será acessar o site do governo, autenticar a sua conta e depois finalizar o cadastro pelo site da Fundação Cesgranrio, a banca. A página no site da organizadora já foi criada.


Em seguida, o candidato deverá quitar a taxa de inscrição ou pedir isenção. O valor será de R$60 (médio) ou R$90 (superior). O pagamento ocorrerá por meio do Guia de Recolhimento da União (GRU).


Será permitida a inscrição para apenas um bloco temático.


Dúvidas de como se inscrever no concurso unificado? Acesse aqui!


Vale lembrar que o candidato pode concorrer a todos os cargos dentro de um mesmo bloco temático.


Prepare-se para o Concurso Nacional Unificado. Confira aqui material exclusivo e as últimas informações sobre os editais!

Ministra confirma novas autorizações e 2ª edição do concurso unificado

(Foto: Julia Prado/MS)


Resumo do Concurso Público Nacional Unificado

  • Instituto: mais de 20 órgãos do Executivo Federal
  • Situação atual: editais publicados
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Vagas: 6.640
  • Remuneração: até R$23.579,71
  • Inscrições: 19 de janeiro a 9 de fevereiro de 2024
  • Data da prova objetiva: 5 de maio

Saiba mais e comece a estudar para o concurso.

Concurso Unificado oferece 6,6 mil vagas

O edital do Concurso Nacional Unificado foi publicado, com a oferta prevista de 6.640 vagas efetivas e imediatas em vários cargos. Além disso, será formado um cadastro com o dobro de vagas em cada bloco temático.


Falando em bloco temático, são oito blocos presentes nesta 1ª edição do CPNU.


O candidato pode escolher um bloco e concorrer para todas as vagas que ele oferece. A seleção é destinada ao provimento de cargos de níveis médio e superior, cujos salários podem chegar a R$22,9 mil, que é o caso do AFT.


A seguir, veja a lista dos órgãos que aderiram ao CPNU e as vagas de cada um: 


Blocos temáticos

Tais oportunidades estão agrupadas em 8 blocos temáticos (cada um teve seu próprio edital publicado):

  • Bloco 1 - Infraestrutura, Exatas e Engenharias - 727 vagas;
  • Bloco 2 - Tecnologia, Dados, e Informação - 597 vagas;
  • Bloco 3 - Ambiental, Agrário e Biológicas - 530 vagas;
  • Bloco 4 - Trabalho e Saúde do Servidor - 971 vagas;
  • Bloco 5- Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos - 1.016 vagas;
  • Bloco 6 - Setores Econômicos e Regulação - 359 vagas;
  • Bloco 7 - Gestão Governamental e Administração Pública - 1.748 vagas; e
  • Bloco 8 - Nível Intermediário - 692 vagas.

Cada bloco temático conta com diferentes órgãos e carreiras.


Uma mesma pessoa poderá concorrer a diferentes vagas, pagando apenas uma taxa de inscrição de R$60, para cargos de nível médio, ou de R$90, para os de nível superior.


Cronograma do Concurso Nacional Unificado

Quer ficar por dentro do CPNU e não perder nenhum detalhe? Confira a seguir as principais datas do Concurso Público Nacional Unificado para garantir presença na seleção:

  • 19 de janeiro a 9 de fevereiro de 2024 – inscrições;
  • 29 de fevereiro de 2024 – divulgação dos dados finais de inscrições;
  • 29 de abril de 2024 – divulgação dos cartões de confirmação;
  • 5 de maio de 2024 – aplicação das provas;
  • 3 de junho de 2024 – divulgação dos resultados; das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e de redação;
  • 30 de julho de 2024 – divulgação final dos resultados;
  • 5 de agosto de 2024 – início da convocação para posse e cursos de formação.


Entre no nosso grupo do WhatsApp e tenha acesso às aulas e curso gratuito do Concurso Nacional Unificado. Acesse aqui!


Fique por dentro dos concursos!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos

Salário

Até R$ 22.921,71

Cargos

9

Vagas

13280
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso TRE Unificado - Aula de Direito Penal: Usurpação de função pública

Equipe Qconcursos