Concursos PF e PRF Administrativos estão nas prioridades do MGI

Pedidos de novos concursos PF e PRF da área Administrativa estão entre as prioridades do MGI para autorização. Entenda!

Concursos Previstos
Autor:Bruna Somma
Publicado em:11/06/2024 às 17:10
Atualizado em:11/06/2024 às 18:32

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) trabalha para divulgar novas autorizações de concursos federais ainda em junho.


De acordo com fontes ligadas ao Governo Federal, as áreas Administrativas da Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão entre as prioritárias para o aval. Os números e os cargos ainda estão sendo fechados.


Vagas para a área Policial, nos concursos PF e PRF, também foram solicitadas, mas não há informação se também serão incluídas na autorização.


A área Administrativa não tem novos editais há dez anos nas corporações. Ao passo que a área Policial recebeu autorização para concursos em 2021.


No caso da PF, o último concurso para cargos administrativos foi em 2013. Já na PRF, não é aberto concurso para este setor desde 2014.

PF e PRF solicitam concursos para cargos administrativos

(Foto: GOV BR)

Em entrevista exclusiva sobre o concurso PF, o presidente da Fenapef, Marcus Firme, revelou que a área Administrativa é vista como essencial e tem sido pauta entre a Administração da Polícia Federal e as federações.

"Acreditamos que o ideal é que tenha concurso para na carreira Administrativa. Nós precisamos de concurso para essas carreiras (...) com eles trabalhando na área da parte Administrativa da Polícia Federal, possibilita que policiais possam ir para essa parte fim da polícia".

> Comece AGORA a estudar para o concurso PF! Clique AQUI!

Pedido de concurso PF é para 789 vagas na área Administrativa

No concurso PF Administrativo, o pedido foi para provimento de 789 vagas. Desse quantitativo, a Polícia Federal solicita o aval para 626 postos de níveis médio e 163 de nível superior.


Veja a distribuição:

Nível médio

  • agente administrativo da Polícia Federal: 626 vagas.

Nível superior

  • administrador: 26 vagas;
  • arquivista: 9 vagas;
  • assistente social: 13 vagas;
  • bibliotecário: 1 vaga;
  • contador: 9 vagas;
  • economista: 3 vagas;
  • enfermeiro: 3 vagas;
  • estatístico: 4 vagas;
  • farmacêutico: 2 vagas;
  • médico: 70 vagas;
  • nutricionista: 1 vaga;
  • psicólogo: 6 vagas;
  • técnico em assuntos educacionais: 13 vagas; e
  • técnico em comunicação social: 3 vagas.

Os salários iniciais são de R$6.173,31, para o agente administrativo, e R$7.296,69, para os cargos de nível superior, com exceção de médico, que recebe iniciais de R$9.547,40.


Os valores acima já incluem o auxílio-alimentação de R$1 mil, reajustado recentemente pelo governo. A carga de trabalho dos servidores administrativos na PF é de 40 horas semanais.


A solicitação da Polícia Federal visa ao ingresso de novos servidores no ano de 2025.


Na última semana, Folha Dirigida por Qconcursos teve acesso aos detalhes de uma proposta que visa unificar as carreiras Administrativas da área Policial, incluindo a PF e a PRF.


O desejo do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) é criar um Plano Geral de Cargos, para minimizar o déficit. Veja aqui todos os detalhes dessa Medida Provisória!




PRF solicita 235 vagas para agente administrativo

A Polícia Rodoviária Federal também busca autorização para um novo concurso PRF na área Administrativa. O pedido, nesse caso, foi para o provimento de 235 vagas no cargo de agente administrativo.


O cargo tem como requisito a conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau).


A remuneração é de R$6.515,71, sendo compostos pelo vencimento básico, gratificação 100 pontos e auxílio-alimentação de R$1 mil.


O agente administrativo tem como atribuição executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição. 

Pedidos para a área Policial também foram enviados

A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal não solicitaram aval apenas para a área Administrativa. Também foram enviados ao MGI pedidos de concursos para a área Polícia.


Por sua vez, a Polícia Federal pediu a abertura de 1.810 vagas para policiais. Desse total, 261 foram para delegado, 57 para perito criminal, 1.115 para agente, 364 para escrivão e 13 para papiloscopista.


Todos os cinco cargos que existem no quadro da Polícia Federal são de nível superior.


No caso do agente, escrivão e papiloscopista, os ganhos chegarão a R$15.164,81, em 2025, e a R$15.710,10, em 2026. Já para perito e delegado, as remunerações chegarão a R$27.800, em 2025, e a R$28.831,70, em 2026.


No caso do concurso PRF, o pedido é para 4.902 vagas na área Policial. O cargo de policial rodoviário federal exige o nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior. A remuneração é de R$12.114,60.


O Ministério da Justiça e Segurança Pública explica que, no caso da área Policial da PRF, será necessária, além da autorização dos provimentos, a criação das vagas, já que o quadro atual da Polícia Rodoviária Federal está completo.


A PRF também tem concurso com validade prorrogada até dezembro de 2025.


Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoDepartamento de Polícia Federal

Salário

Até R$ 3.316,77

Cargos

19

Vagas

734
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso Escrevente TJ SP - Gabarito do Simulado

Equipe Qconcursos