Concurso Funai terá provas em todas as capitais e mais cidades

O concurso público da Funai terá provas aplicadas em todas as capitais, além de algumas outras cidades. Veja a relação completa!

Concursos Previstos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:16/08/2023 às 12:41
Atualizado em:16/08/2023 às 16:49
  • Rio Branco AC
  • Maceió AL
  • Macapá AP
  • Manaus AM
  • Salvador BA
  • Fortaleza CE
  • Brasília DF
  • Vitória ES
  • Goiânia GO
  • São Luís MA
  • Cuiabá MT
  • Campo Grande MS
  • Belo Horizonte MG
  • Belém PA
  • João Pessoa PB
  • Curitiba PR
  • Recife PE
  • Teresina PI
  • Rio de Janeiro RJ
  • Natal RN
  • Porto Alegre RS
  • Porto Velho RO
  • Boa Vista RR
  • Florianópolis SC
  • São Paulo SP
  • Aracaju SE
  • Palmas TO

Além das capitais, outras nove cidades terão aplicação de provas, sendo elas: Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas; Imperatriz, no Maranhão; Dourados, em Mato Grosso do Sul; Sinop, em Mato Grosso; Altamira e Santarém, no Pará; e Vilhena, em Rondônia.


A data para a realização dos exames ainda não foi definida, mas o Governo Federal estima aplicá-las ainda este ano. Para isso, o edital precisa sair até o final de setembro, já que o prazo entre edital e provas é de dois meses.


concurso Funai terá provas objetivas e discursivas, sendo a segunda apenas para cargos de nível superior.

Como serão as provas da Funai?

O projeto básico não revela as disciplinas, mas detalha a quantidade de questões por cargo.


Para os cargos de nível médio, a prova objetiva será composta de 60 a 80 questões de múltipla escolha ou de 120 a 140 questões se no modelo certo ou errado. Já os de nível superior responderão de 60 a 80 questões de múltipla escolha ou 110 a 140 no modelo certo ou errado.


A discursiva do nível superior contará com perguntas de Conhecimentos Específicos do bloco programático. 


É possível que o exame contenha questões discursivas, estudo de caso, questão problema ou dissertação. O modelo será definido com a banca organizadora a ser contratada.


O número de provas discursivas a serem corrigidas será três vezes o número do cadastro de reserva para cada cargo.


Leia também:

+ Concurso Funai terá até 30% das vagas reservadas para indígenas

+ Concurso Funai: realização das provas é meta da Diretoria


Quer ser aprovado no concurso da Funai? Então assista aqui a aulas ao vivo e gratuitas com os professores do Qconcursos!

Funai tem concurso autorizado com 502 vagas e trabalha na escolha da banca organizadora

(Foto: Divulgação)


Quer se preparar para concursos? Então confira as próximas seleções previstas nas regiões:

Concurso Funai terá 502 vagas e vários cargos

O novo concurso para a Funai foi oficialmente autorizado pelo pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviço Público em maio deste ano. O aval é para 502 vagas.


A seleção vai preencher 502 vagas imediatas, sendo 152 para nível médio e 350 para nível superior.


Veja a divisão por escolaridade a seguir:

  • nível médio: agente em indigenismo (152 vagas e remuneração prevista de R$5.349,07); e
  • nível superior: administrador (26), antropólogo (19), arquiteto (uma), arquivista (uma), assistente social (21), bibliotecário (seis), contador (12), economista (24), engenheiro (20), engenheiro agrônomo (31), engenheiro florestal (duas), estatístico (uma), geógrafo (quatro), indigenista especializado (152), psicólogo (seis), sociólogo (12), técnico em assuntos educacionais (duas) e técnico em comunicação social (dez). A remuneração prevista é de R$6.420,87.

De acordo com o projeto básico, será formado um cadastro de reserva para a Fundação Nacional dos Povos Indígenas. Essas convocações poderão acontecer ao longo do prazo de validade do concurso.


Para cargos de nível superior, serão 524 vagas no cadastro de reserva, com a seguinte distribuição:

  • administrador (34), antropólogo (35), arquiteto (quatro), arquivista (quatro), assistente social (36), bibliotecário (19), contador (30), economista (34), engenheiro (36), engenheiro agrônomo (31), engenheiro florestal (sete), estatístico (quatro), geógrafo (14), indigenista especializado (152), psicólogo (19), sociólogo (30), técnico em assuntos educacionais (sete) e técnico em comunicação social (28).

Não foi informado o quantitativo de aprovados no cadastro de reserva para cargos de nível médio.


A Fundação Nacional dos Povos Indígenas tem até seis meses para publicar o edital do seu concurso, ou seja, até o dia 29 de outubro deste ano.

Mais de 15 bancas foram contatadas

A Funai já trabalha na escolha da banca organizadora desde que a sua comissão foi formada, em maio.


A reportagem da Folha Dirigida por Qconcursos apurou que, pelo menos, 17 bancas foram convidadas, sendo elas:

  • Instituto Avalia;
  • Cebraspe;
  • Fundação Cesgranrio;
  • Fundação Carlos Chagas (FCC);
  • Fundação Getulio Vargas (FGV);
  • Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades);
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC);
  • Instituto de Desenvolvimento e Capacitação (IDCAP);
  • Consulplan;
  • Fepese;
  • Quadrix;
  • Legalle;
  • Fundação Vunesp;
  • Fundação La Salle;
  • Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan);
  • Fundatec; e
  • Instituto AOCP.

Mas, somente uma banca será contratada para o concurso Funai. A organizadora será responsável por receber as inscrições e aplicar as provas da seleção.


Quer ficar por dentro das notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoFundação Nacional dos Povos Indígenas

Salário

Até R$ 8.263,16

Cargos

19

Vagas

502
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Curso de Redação Oficial para Concursos - Correio Eletrônico

Equipe Qconcursos