Concurso PMERJ não terá mais exigência de exame ginecológico

Justiça decide que concurso PMERJ não deve cobrar exame ginecológico de candidatas mulheres. Confira!

Autor:Bruna Somma
Publicado em:12/06/2024 às 12:34
Atualizado em:12/06/2024 às 12:39

Por decisão da Justiça, o concurso PMERJ não terá mais exigência de exame ginecológico para candidatas. A medida já é válida para a seleção de soldado, que está em andamento.


A decisão, que atende a um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro, destaca caráter discriminatório, já que não há pedido de qualquer exame adicional correspondente para candidatos do sexo masculino.


O Juízo da Quarta Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Rio lembrou que há decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a questão.


Inclusive, em acordo com o STF, o concurso PMERJ não tem mais uma reserva mínima de vagas para mulheres. Agora, todas as 2 mil vagas de soldado estão em disputa por candidatos dos sexos feminino e masculino.

Mulheres não precisarão mais realizar exame ginecológico no concurso PMERJ

(Foto: Divulgação PMERJ)


O cargo de soldado tem como requisitos:

  • nível médio completo;
  • idade entre 18 e 32 anos, até o primeiro dia de inscrição do concurso (14 de junho), considerando a idade compreendida até a véspera do trigésimo terceiro aniversário;
  • altura de 1,65m para o sexo masculino e 1,60m para o sexo feminino; e
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH), exceto somente categoria A.

Os aprovados terão ganhos conforme o momento da carreira. No Curso de Formação de Soldado da Policial Militar (CFSD), que tem duração de 12 meses, os alunos receberão R$2.956,41 (valor bruto).


Após a formatura, os soldados passarão para o salário inicial de R$5.233,88. A contratação será feita pelo regime estatutário, que garante a estabilidade do militar.


Quer continuar o estudo para concursos? Então confira um guia completo dos editais previstos para 2024. BAIXE O MATERIAL AQUI!

Concurso PMERJ terá prova discursiva em julho

O concurso para soldado da PMERJ terá provas discursivas aplicadas no dia 7 de julho, das 13h às 16h. No total, 11.624 candidatos foram convocados para a etapa.


Os locais de aplicação serão disponibilizados para consulta no site da Fundação Getulio Vargas (FGV), banca organizadora, a partir das 12h do dia 1º de julho.


Todos aqueles que obtiveram, pelo menos, 60% dos pontos na prova objetiva e que não zeraram em qualquer disciplina foram convocados para as discursivas.


As provas discursivas do concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro consistirão em uma redação.


Quem for aprovado na discursiva ainda passará por outras sete etapas do concurso, sendo elas:

  • preenchimento do Formulário de Informações Confidenciais (FIC) do exame social e verificação dos requisitos para inscrição no concurso;
  • exame antropométrico;
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • exame psicológico;
  • exames médicos;
  • exame social e toxicológico; e
  • avaliação documental.

Resumo concurso PMERJ soldado

  • Instituto: Polícia Militar do Rio de Janeiro
  • Situação atual: convocação para as provas discursivas
  • Banca: FGV
  • Cargos: soldado
  • Escolaridade: nível médio
  • Vagas: 2.000
  • Remuneração: R$5.233,88 (após o curso de formação)
  • Inscrições: 14 de junho a 12 de julho de 2023
  • Data da prova objetiva: 7 de abril de 2024
  • Data da prova discursiva: 7 de julho de 2024

Prova objetiva do concurso PMERJ teve 48% de faltosos

As provas objetivas, primeira etapa do concurso PMERJ, foram aplicadas no dia 7 de abril. Foram registrados 48% de faltosos.


Dos 117.638 inscritos para o cargo de soldado:

  • 60.748 estiveram presentes na prova; e
  • 56.890 não compareceram aos locais de realização da etapa.

Os dados foram confirmados pela Fundação Getulio Vargas com a Polícia Militar do Rio de Janeiro.


Nas provas do concurso, nove candidatos foram presos. Eles tinham mandados de prisão em aberto por diferentes crimes e já estavam sendo monitorados pela pela Polícia Militar do Rio de Janeiro.


Outra situação aconteceu no CIEP 097 Carlos Chagas, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Uma troca de tiros aconteceu na comunidade ao lado externo do local de prova.


Em função disso, a aplicação foi paralisada por alguns minutos. Nesse momento, alguns candidatos abriram os envelopes que lacravam os celulares e realizaram filmagens.


Segundo a FGV, os candidatos que "em atitude irresponsável" fizeram as imagens do local de prova foram identificados e eliminados.


Qconcursos Folha Dirigida realizou o acompanhamento das provas objetivas em tempo real. Veja como foi aqui!


Dos mais de 60 mil presentes nas provas objetivas, somente 11 mil atingiram a pontuação mínima e estão convocados para as discursivas.


Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoPolícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Salário

Até R$ 5.233,88

Cargos

1

Vagas

2000
AO VIVOVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso TSE Unificado tem data da prova alterada | Notícias de Concurso de Hoje #aovivo

Equipe Qconcursos