Plenário do STF mantém a decisão que retoma o concurso PMERJ

O Plenário Virtual da Corte do STF manteve, por unanimidade, a decisão do ministro Cristiano Zanin, que autoriza a retomada do concurso PMERJ soldado.

Concursos Previstos
Autor:Mateus Carvalho
Publicado em:29/11/2023 às 09:54
Atualizado em:29/11/2023 às 11:27

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) validou o acordo que decide pela retomada do concurso PMERJ de soldado, sem a restrição de gênero. Agora, homens e mulheres concorrem igualmente às 2 mil vagas.


O acordo, homologado pelo ministro Cristiano Zanin, foi feito entre as partes após audiência de conciliação. A decisão já foi publicada oficialmente pelo órgão.


O concurso PMERJ para soldados foi suspenso a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), em virtude da restrição de vagas para mulheres.


Após análise pelo Plenário Virtual, votou-se pela manutenção do acordo feito entre as partes (ministro e PGE RJ), já que se comprometeram a realizar as alterações no edital do concurso.


Dessa forma, a seleção teve a retomada mantida, sem as restrições de gênero previstas no texto original.

Entenda a suspensão do concurso PMERJ

A decisão cautelar do ministro do STF foi motivada após uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) movida pela Procuradoria-Geral da República (PGR).


A PGR usou como questionamento a reserva de apenas 10% de vagas para mulheres no concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Isso porque, das 2 mil vagas contempladas no edital de soldado, somente 200 foram destinadas ao sexo feminino.


Vale destacar que uma lei estadual concede ao secretário de Polícia Militar do Rio de Janeiro a atribuição de definir "o percentual de inclusão de pessoal do sexo feminino, de acordo com as necessidades da corporação".


Foi com base nesta lei que a PMERJ publicou o edital do concurso com apenas 10% das vagas para mulheres.


Para a PGR, a norma violava a Constituição, que estabelece, por exemplo, a isonomia e a proibição de discriminação pelo sexo.


Diante deste questionamento, o ministro Zanin concordou com a PGR e decidiu pela suspensão do concurso como metida cautelar. Segundo o representante do STF, as mulheres devem concorrer pela totalidade das vagas disponíveis.


A mesma decisão já foi tomada em um concurso PM DF e, recentemente, o concurso PM PA também foi paralisado pelo mesmo motivo,


Está estudando para concursos? Então assista aqui a aulas ao vivo e gratuitas com os professores do Qconcursos!

PMERJ tem concurso retomado para soldados e já escolhe nova banca organizadora

(Foto: PGE RJ)


Resumo do concurso PMERJ

  • Órgão: Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ)
  • Situação atual: banca a definir (provas anuladas)
  • Banca: a definir
  • Cargos: soldado
  • Escolaridade: médio
  • Vagas: 2 mil
  • Remuneração: R$2.956,41

+ Saiba mais e comece a estudar para o concurso

Concurso PMERJ inicia escolha da nova banca

A Polícia Militar do Rio de Janeiro já deu início ao processo de escolha da nova banca organizadora. A corporação quer urgência e pode definir a organizadora a qualquer momento.


O Idecan é uma das bancas que enviaram cotações de preço e a proposta foi recebida pela corporação, mas ainda não há uma instituição contratada.


O processo é realizado após as provas terem sido anuladas e o contrato com a banca Ibade ter sido rescindido.


A nova banca ficará responsável pela aplicação das novas provas escritas (objetiva e discursiva), visando ao ingresso no Curso de Formação de Soldado (CFS). Segundo a PMERJ, não há previsão de reabertura das inscrições, como antecipado à Folha Dirigida por Qconcursos.


A nova prova será aplicada somente para os 119.541 candidatos que já estão inscritos. O termo de referência também não faz referência à devolução da taxa de inscrição.

Concurso PMERJ tem 2 mil vagas de soldados

O concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro oferece 2 mil vagas para soldados. Desse quantitativo, 200 são para sexo feminino e 1.800 para o sexo masculino.


Há cotas para negros, indígenas e pessoas com hipossuficiência econômica.


A seleção, no entanto, não reserva vagas para pessoas com deficiência, tendo em vista as peculiaridades do exercício do cargo de soldado. O cargo de soldado da PM do Rio de Janeiro apresenta os seguintes requisitos:

  • nível médio completo;
  • idade entre 18 e 32 anos, até o primeiro dia de inscrição do concurso (14 de junho), considerando a idade compreendida até a véspera do trigésimo terceiro aniversário;
  • altura de 1,65m para o sexo masculino e 1,60m para o sexo feminino; e
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH), exceto somente categoria A.

Os aprovados terão ganhos conforme o momento de carreira. No Curso de Formação de Soldado da Policial Militar (CFSD), que tem duração de 12 meses, os alunos receberão R$2.956,41 (valor bruto).


Após a formatura, os soldados passarão para o salário inicial de R$5.233,88. A contratação será feita pelo regime estatutário, que garante a estabilidade do militar.


Quer ficar por dentro das notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Logo Qconcursos
Conteúdo Qconcursos
InstitutoPolícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Salário

Até R$ 5.233,88

Cargos

1

Vagas

2000
PRÓXIMA LIVEVer todas
Imagem do vídeo principal

Concurso TRE Unificado - Aula de Direito das pessoas com Deficiência

Equipe Qconcursos